91- Star Wars – Episódio II O ataque dos clones

91- Star Wars – Episódio II O ataque dos clones

Amo a saga Star Wars. O filme Uma nova Esperança é de 1977, mas foi o primeiro filme que vi na Cultura Inglesa em inglês em 1982.

Nesse episódio rola o envolvimento entre Anakin e a senadora Amidala.

Adoro Hayden Christensen e esse filme me toca fundo porque é o que mais tem romance. Anakin é o futuro Darth Vader.

Para os cinéfilos amantes da bela história de George Lucas é um prato cheio.

Deliciem-se com esse filme.

Sinopse

Dez anos após a tentativa frustrada de invasão do planeta Naboo, Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor), Anakin Skywalker (Hayden Christensen) e Padmé Amidala (Natalie Portman) estão juntos novamente. Neste período de tempo Obi-Wan passou de aprendiz a professor dos ensinamentos jedi para Anakin, sendo que ambos foram destacados para proteger a agora senadora Amidala, que tem sua vida ameaçada por facções separatistas da República, que ameaçam desencadear uma guerra civil intergalática. Com o passar do tempo surge um romance proibido entre Anakin e Amidala, pois os cavaleiros jedi não têm permissão para se apaixonarem.

Título original: (Star Wars: Episode II – Attack of the Clones)

Lançamento: 2002 (EUA)

Direção: George Lucas

Atores: Ewan McGregor, Hayden Christensen, Natalie Portman, Ian McDiarmid.

Duração: 144 min

Gênero: Aventura

90- Don Juan de Marco

90- Don Juan de Marco

Tenho certeza que minha amiga jornalista Thaty Moura vai amar esse post por causa do Johnny Depp.

Esse filme me faz lembrar de alguém especial. Sempre lembrarei.

Bem, esse filme é clássico. E Marlon Brando rouba a cena.

Jonnhy Depp faz o papel de um conquistador que pensa ser Don Juan de Marco e relembra suas conquistas amorosas no divã do psiquiatra.

O filme é profundo e leva a muitos questionamentos.

O que ele não imagina é que ao contar suas façanhas irá mexer com a vida amorosa do psiquiatra que andava adormecida e tinha caído na mais pura rotina.

Excelente pedida!

Sinopse

Um homem de 21 anos (Johnny Depp) dizendo ser o famoso amante Don Juan vai até Nova York para encontrar seu amor perdido, mas, sentindo que não alcançará seu objetivo, tenta se matar. Porém, um psiquiatra (Marlon Brando) consegue convencê-lo a mudar de idéia e começa a tratá-lo. Entretanto, o paciente possui um romantismo irrecuperável e contagioso, que começa a influenciar o comportamento do médico.

Título original: (Don Juan DeMarco)

Lançamento: 1995 (EUA)

Direção: Jeremy Leven

Atores: Marlon Brando, Faye Dunaway, Johnny Depp, Géraldine Pailhas.

Duração: 97 min

Gênero: Romance

89- Meia-noite em Paris

89- Meia-noite em Paris

O filme é o melhor de Woody Allen. Simplesmente sensacional e fascinante. Melhor que A Rosa Púrpura do Cairo, filme que foi comparado.

Uma viagem ao tempo,  aos míticos anos 20. Owen Wilson incorpora bem o papel de alter ego de Woddy Allen como o escritor Gil. O filme mexe com as nossas emoções e o que faríamos se encontrássemos nossos ídolos. Vemos Cole Porter, Ernest Hemingway, Buñuel, Picasso, Dalí. Fitzgerald, provavelmente  todas as referências de Allen.

A maneira como se dá a viagem no tempo também não é explicada por Allen, o que lhe confere uma licença poética.

Mesmo diante da possibilidade de viver um amor, Adriana prefere voltar à Belle Epoque enquanto Degas prefere a renascença, o que comprova a eterna insatisfação do ser humano que prefere se prender ao passado a ter que se confrontar e se questionar em relação ao presente.

Nem sentimos o tempo passar. Um filme sublime e especial que nos proporciona vários questionamentos, entre eles, o de que tudo passa e que vale  a pena lutar pela felicidade, pelas coisas simples da vida, por aquilo que mais combina conosco.

Rachel McAdams como a fútil Inez também manda bem. Ela é o contraponto da intelectualidade que Gil procura para aprimorar a sua escrita.

E as cenas de Paris são lindas de morrer. Uma das cidades mais românticas do mundo.

Sinopse

Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e quis ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que se por um lado fez com que fosse muito bem remunerado, por outro lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido.

Título original: (Midnight in Paris)

Lançamento: 2011 (EUA, Espanha)

Direção: Woody Allen

Atores: Owen Wilson, Rachel McAdams, Kurt Fuller, Mimi Kennedy.

Duração: 100 min

Gênero: Comédia Romântica

Top 20- Meus filmes favoritos

Top 20- Meus filmes favoritos

1- Brilho Eterno de uma mente sem lembranças

2- Uma Linda Mulher

3- Sociedade dos Poetas Mortos

4- Casablanca

5- Diários de Motocicleta

6- O Poderoso Chefão 2

7- Um lugar chamado Notting Hill

8- Jerry Maguire

9- Em busca da Terra do Nunca

10- O fabuloso destino de Amelie Poulain

11- Noiva em Fuga

12- Harry e Sally – feitos um para o outro

13- Mensagem para você

14- Gênio Indomável

15- Patch Adams

16- La dolce vita

17-Cinema Paradiso

18- O Carteiro e o Poeta

19- A rosa púrpura do Cairo

20- Antes do amanhecer