Poltrona de Opinião/Por Eduardo Guimarães

Poltrona de Opinião/Por Eduardo Guimarães

O QUE PODEMOS ESPERAR DO NOVO BOURNE?

Imaginem o seguinte cenário: você tem uma franquia de sucesso, com um personagem forte interpretado por um ator carismático. E após três filmes, surge a ideia de se fazer um quarto, sem o personagem forte e o ator carismático.

Parece meio burrice. Mas não foi o que os produtores dos filmes de Jason Bourne pensaram. E posso dizer sem a menor sombra de duvida: eles não tomaram a decisão errada.

Pensem comigo: os três primeiros filmes da trilogia Bourne foram um sucesso de público e critica. Matt Damon parece ter nascido para o papel, o do militar David Webb, que é recrutado pela CIA para o programa Treadstone, que consistia em submeter agentes a um processo de lavagem cerebral, tornando-os assassinos perfeitos. Mas como é mostrado nos filmes, Bourne não é o único assassino no programa. Tanto que no primeiro filme, é mostrado com destaque um agente codinome o Professor, interpretado por Clive Owen.

E além de Bourne, o Professor também reclama do programa e do tratamento, é possível concluir que em outros agentes o processo também pode ter dado errado.

Lógico que quando surgiram às primeiras as noticias de O Legado Bourne, afirmando que Damon não iria participar, eu me preocupei. Mas conforme foram surgindo mais detalhes do roteiro, eu comecei a dar crédito para o roteiro.

A direção do filme ficou por conta de Tony Gilroy, responsável pelo roteiro dos outros filmes da franquia Bourne. E o roteiro é assinado por ele e por seu irmão, Dan Gilroy. Isso me deixou mais tranquilo, afinal ele é com certeza, uma das pessoas que melhor conhece o personagem e conhece o universo que envolve Jason Bourne.

Tanto que vários personagens dos primeiros filmes estão de volta, como a diretora da CIA Pamela Landy (Joan Allen), o ex-chefe de operações da CIA Noah Vosen (David Strathairn) e o médico responsável pelo programa Treadstone Albert Hirsch (Albert Finney). E lógico que temos novos personagens, como Byer (Edward Norton) e Stephanie Snyder (Rachel Weisz).

Mas a melhor escolha eu acho que ficou para o protagonista: no lugar de Matt Damon interpretando Jason Bourne, temos Jeremy Renner como Aaron Cross/Kenneth Gidson.

O atual Gavião Arqueiro do filme Os Vingadores parece cair muito bem para o papel de um assassino treinado pela CIA.

Image

Outro detalhe que vale destaque é que de maneira nenhuma o personagem de Bourne foi descartado. Pelo contrário: no trailer, o nome dele é citado. Então podemos concluir que a história gira em torno de tudo o que aconteceu nos filmes anteriores. E não me surpreenderia se o próximo filme, Matt Damon não aparecer. Nem que seja somente para fazer uma ponta.

Admito que estou ansioso pela chegada do filme. O que, infelizmente, ainda vai demorar um pouco.

Mas estou esperançoso. E acho que tem tudo para ser um grande filme.

O Legado Bourne tem data de estreia prevista para 3 de agosto nos Estados Unidos e 24 de agosto no Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s