QUEBRANDO A 4ª PAREDE

QUEBRANDO A 4ª PAREDE

Salve galera.

Desde a estreia de Deadpool nos cinemas, muito se tem falado da quebra da 4ª parede. Mas a pergunta é: o que é a 4ª parede e se isso é alguma novidade no cinema.

deadpool

Bom, vamos começar analisando o que é a 4ª parede.

Vale primeiro destacar que o termo 4ª parede surgiu no teatro e depois também foi utilizado no cinema.

Ao assistirmos uma peça de teatro, a visão que temos do palco é sempre de 3 paredes: a do fundo e as paredes laterais. E a 4ª parede é o ponto de vista da platéia. Considerando que o cenário de um teatro é normalmente uma sala ou um quarto fechado. O desenho abaixo ilustra bem isso: a parede que está faltando é o ponto de vista do espectador. Então o espectador é a 4ª parede.

ponto de vista 4 parede

E com o surgimento do cinema, nosso ponto de vista não ficou restrito somente a uma parede. O espectador ganhou movimento e pode assistir coisas que acontecem ao ar livre. Mas o termo se manteve: 4ª parede é o ponto de vista de quem assiste o filme.

Quando temos um personagem que interage com espectador, dizemos que ele quebra a 4ª parede. Isso significa que ele tem ciência de que ele é um personagem de uma história que está sendo contada. Pode soar meio estranho, mas é um artificio muito usado no cinema.

Temos muitos exemplos de personagens famosos que fazem uso dessa técnica: Frank Underwood (Kevin Spacey) na série House of Cards e Caco Antibes (Miguel Falabella) em Sai de Baixo utilizam essa ferramenta para interagir com o público. Seja para criar uma situação cômica ou para explicar seu ponto de vista.

house of cards - sai de baixo

Outro detalhe que temos que lembrar é que narrador não é quebra da 4ª parede. Narrador serve apenas para nos aprofundarmos na mente do personagem, ouvir seus pensamentos e ideias. E até mesmo nos orientarmos na história. Mas eles nunca interagem com o auditório. O melhor exemplo é Beleza Americana. Apesar de o filme inteiro ser narrado por Lester Burnham (Kevin Spacey), ele nunca fala diretamente com quem está assistindo ao filme. Ele apenas explica as situações vividas pelo personagem.

beleza americana

Quando o personagem quebra a 4ª parede, ele interage diretamente com o público. Ele esquece o que está acontecendo na história para conversar com quem está atrás da 4ª parede. E não pense que é somente no cinema e no teatro que esta técnica é utilizada. Nas HQs, além do próprio Deadpool, vários outros personagens tem ciência de que eles existem somente no papel. Vale destaque para o Homem-Animal de Grant Morrison e a Mulher-Hulk de John Byrne.

mulher hulk - homem animal

A quebra da 4ª parede pode ser com um dialogo direto com o espectador ou somente um olhar ou um sinal. Não importa. No momento em que o personagem se volta para o público, a 4ª parede já não existe mais.

No cinema, esta técnica também não é novidade. Muitos diretores e filmes utilizam esta técnica. E não pensem que é somente em comédias. Filmes sérios também se servem da quebra. E por isso, vamos encerrar este texto fazendo um TOP 5 Quebrando a 4ª Parede.

5º lugar: Alfie – O Sedutor

Alfie

Nesta comédia romântica estrelada por Jude Law, Alfie conversa diretamente com o público para explicar sua vida e o porquê ele quer viver essa vida de conquistas, sem um relacionamento sério. Mas antes que você pergunte: é um filme fraco, que nem mesmo a quebra da 4ª parede salva.

4º lugar: Quanto Mais Idiota Melhor 1 e 2

quanto mais idiota melhor

Nos dois filmes estrelados por Mike Myers e Dana Carvey, os personagens Wayne Campbell (Myers) e Garth Algar (Carvey) interagem com a audiência, brincando inclusive com outros personagens, sem que eles entendam o que está acontecendo.

3º lugar: Alta Fidelidade

alta fidelidade

Mais uma comédia romântica. Mas desta vez, esta é um clássico absoluto. Rob Gordon (John Cusack) é o dono de uma loja de disco que conversa com espectador para explicar suas listas (Top 5): desde melhor música até os piores rompimentos. É talvez um dos melhores filmes de Stephen Freas.

2º lugar: O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street

Martin Scorsese traz para as telas a vida de Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), figura polêmica do mercado de ações americano na década de 80. Aqui vale um destaque: além de o personagem interagir com o publico, ele também quebra a 4ª parede quando está narrando o filme.

1º lugar: Curtindo a Vida Adoidado

Ferris Bueller

Outro clássico do cinema. O filme gira em torno de Ferris Buller (Matthew Broderick) e seu plano para matar um dia de aula. Desde o começo até a última cena do filme, Ferris conversa com o espectador.

@guimaraesedu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s