Poltrona Vintage: Filmes sobre Mitologia Grega/Anna Barros

Poltrona Vintage: Filmes sobre Mitologia Grega/Anna Barros

furia de titasApós o acendimento da tocha olímpica e o início do revezamento da tocha em virtude da Rio 2016, vamos falar hoje sobre filmes que abordam a mitologia grega, já que os Jogos Olímpicos nasceram na Grécia.

1- Fúria de Titãs

 

Esse filme é de 1981e houve um remake em 2010. Clássico da Sessão da Tarde.

Sinopse: Na Grécia Antiga, Acrísio (Donald Houston), o rei de Argos, considerou uma grande desonra sua filha Dânae (Vida Taylor), que é solteira, ter tido um filho, Perseu (Harry Hamlin). Assim determinou que tanto a filha quanto o neto fossem presos num caixão, que foi jogado ao mar, de forma que sua honra seja restaurada. No Olimpo, Zeus (Laurence Olivier) tem a confirmação da ordem de Acrísio e fica bastante irado, pois Perseu era filho de Zeus. Hera (Claire Bloom), a esposa de Zeus, ainda tentou interceder, dizendo que Acrísio fez muitos templos para louvá-lo. Porém a decisão já estava tomada. Zeus ordena que Poseidon (Jack Gwillim) liberte o último titã, Kraken. Zeus deseja punir não apenas Acrísio mas também Argos, que será destruído. Paralelamente, ele diz para Poseidon fazer com que o caixão no qual estavam Dânae e Perseu chegasse numa tranquila e remota praia. Após a destruição de Argos, Zeus fica sabendo que Dânae e Perseu chegaram em segurança na ilha de Sérifos. Os anos passam e Perseu se torna um belo jovem. Paralelamente Calibos (Neil McCarthy), o filho da deusa Tétis (Maggie Smith), era tão cruel que Zeus decidiu puni-lo, dando-lhe uma aparência horrenda. Isto significava que não se casaria mais com a linda princesa Andrômeda (Judi Bowker), que vivia em Jopa, na Fenícia. Tétis ainda tentou obter a clemência de Zeus e, como não conseguiu, decidiu prejudicar Perseu, mostrando-lhe um mundo que ele desconhecia. Apesar de Perseu ter a proteção divina de seu pai, alguns seres mitológicos estão dispostos a destruí-lo.

 

alexandre2- Alexandre

O filme é polêmico, mas muito interessante. Vale a pena assisti-lo se te interessa a mitolgia grega e tudo que a envolve. E ainda tem Colin Farrel.

 

Sinopse: Junho de 323 A.C., Babilônia, Pérsia. Quando faltava um mês para completar 33 anos, morre precocemente Alexandre, o Grande (Colin Farrell), que tinha conquistado 90% do mundo conhecido. Alexandria, Egito, 40 anos depois. Ptolomeu (Anthony Hopkins), um general de Alexandre que o conhecia bem, narra para Cadmo, um escriba, que se tornou o guardião do corpo de Alexandre, que ali está embalsamado à moda egípcia (Ptolomeu se tornou faraó, pois ficou com o Egito quando o império foi dividido). Tristemente Ptolomeu frisa que as grandes vitórias dos exércitos de Alexandre foram esquecidas e diz para Cadmo que Alexandre era um deus, ou a pessoa mais perto disso, que já vira. Apesar de ser chamado de tirano, Ptolomeu diz que só os fortes governam, mas Alexandre era mais, pois mudou o mundo. Antes dele havia tribos e depois dele tudo passou a ser possível. Surgiu a idéia que o mundo poderia ser governado por um só rei. Era um império não de terras e de ouro, mas da mente, uma civilização helênica aberta a todos. No oriente, o vasto império persa dominava quase todo o mundo conhecido. No ocidente, as outroras cidades-estado gregas, Tebas, Atenas, Esparta, haviam perdido o orgulho. Os reis persas subornavam os gregos com ouro, para usá-los como mercenários. O pai de Alexandre, Felipe, o Caolho (Val Kilmer), começou a mudar tudo isso, unindo tribos de pastores ignorantes das terras altas e baixas. Com sua coragem e seu sangue criou um exército profissional, que subjugou os traiçoeiros gregos. Então voltou-se para a Pérsia, onde se dizia que o rei Dario, em seu trono na Babilônia, temia Felipe. Foi dessa viril guerreira que nasceu Alexandre, em Pela, Macedônia. A mãe, a rainha Olímpia (Angelina Jolie), era chamada por alguns de feiticeira e diziam que Alexandre era filho de Dionísio ou Zeus. Mas não havia um homem na Macedônia que, vendo pai e filho juntos, não tivesse dúvidas, mas nenhum poderia imaginar o fabuloso destino de Alexandre.

 

troia3- Tróia

O filme tem muita ação e aventura, de uma das histórias mais cultuadas de todos os tempos. E ainda tem Brad Pitt como Aquiles.

 

Em 1193 A.C., Paris (Orlando Bloom) é um príncipe que provoca uma guerra da Messência contra Tróia, ao afastar Helena (Diane Kruger) de seu marido, Menelaus (Brendan Gleeson). Tem início então uma sangrenta batalha, que dura por mais de uma década. A esperança do Priam (Peter O’Toole), rei de Tróia, em vencer a guerra está nas mãos de Aquiles (Brad Pitt), o maior herói da Grécia, e seu filho Hector (Eric Bana).

 

percy jackson4- Percy Jackson e o Ladrão de Raios

A saga de Percy Jackson é bastante interessante. Ele descobre que é filho de um deus com uma mortal e as coisas mais inusitadas e estranhas lhe acontecem por conta disso.

 

Sinopse: Percy Jackson (Logan Lerman) é um jovem que enfrenta problemas na escola, devido ao que acredita ser dislexia e déficit de atenção. Ele foi criado por sua mãe, Sally (Catherine Keener), e vive com Gabe Ugliano (Joe Pantoliano), seu padrasto, que odeia. Após ser atacado em plena excursão escolar, é revelado a Percy que ele é um semideus, ou seja, filho do deus Poseidon (Kevin McKidd) com uma humana, e possui poderes. Protegido por Grover Underwood (Brandon T. Jackson), ele é levado ao acampamento dos meio sangue, onde está em segurança. Lá ele tem Chiron (Pierce Brosnan) como tutor e passa a treinar para se tornar um grande guerreiro. Só que Percy é acusado de ter roubado o raio de Zeus (Sean Bean), uma poderosa arma de destruição que pode fazer com que os deuses entrem em guerra. É quando Hades (Steve Coogan) visita o acampamento e oferece a Percy uma troca: que ele entregue o raio, o qual não possui, em troca da devolução de sua mãe, que faleceu em meio à fuga. Ele então parte para chegar ao Mundo Inferior, onde vivem Hades e Perséfone (Rosario Dawson), juntamente com Grover e Annabeth Chase (Alexandra Daddario), uma poderosa guerreira que conheceu no acampamento.

 

hercules5-  Hércules

 

Sinopse: Filho de Zeus, o semi-deus Hércules (Dwayne Johnson) sofre há 400 anos, por ter perdido toda a sua família. Após realizar os doze trabalhos, ele conhece seis homens sanguinários e impiedosos, e une-se ao grupo em busca de novas tarefas e de qualquer trabalho que puder encontrar, com a condição de ser remunerado.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s