Poltrona Independente: A morte de JP Cuenca/Cesar Augusto Mota

Poltrona Independente: A morte de JP Cuenca/Cesar Augusto Mota

A morte de João Paulo Cuenca: uma reflexão sobre a personalidade humana

 

1444310234Como você reagiria se descobrisse que alguém roubou sua identidade e depois soubesse de sua própria morte? Parece um pouco estranho, mas é com esse gancho que foi produzido o filme “A morte de João Paulo Cuenca”,  que trata do relato de um escritor que foi surpreendido com a notícia de seu falecimento e que uma pessoa tomou seu lugar para morrer.

A história se passa no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro, e em um prédio que hoje está totalmente reformado, na Rua da Relação, é encontrado um corpo apontado como o de João Paulo Cuenca, personagem central da trama. O escritor, em busca da verdade, escuta diversos moradores do local, um agente funerário, detetives e até um ex-policial é ouvido na tentativa de solução desse enigma.

A obra se alterna entre o formato de documentário e ficção, mas é baseado numa história real, que é dirigida e produzida pelo próprio João Paulo Cuenca, estreante na direção de longa-metragens, e é um verdadeiro convite para a reflexão acerca da filiação, nome e local de nascimento, elementos imprescindíveis para a personalidade humana e que nunca deveriam ser violados.

Ao interpretar a si mesmo, Cuenca tenta promover não só um pensamento sobre a personalidade, mas mostrar um vazio, um pedaço que fora retirado de si, além da sensação de se sentir invisível em meio a uma sociedade vasta e em constantes mudanças.

E qual teria sido o resultado de todas essas buscas? Houve solução? Qual a verdadeira identidade do homem encontrado na Lapa, na Rua da Relação? Descubra em “A morte de João Paulo Cuenca”, com a participação de diversos ícones que interpretaram a si mesmos, e de uma única atriz, Ana Flávia Cavancanti. A produção é da Rio Filme e com coprodução do Canal Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s