Festcine Imperial em Petrópolis acaba hoje

Festcine Imperial em Petrópolis acaba hoje

 

festcine imperialEncerra hoje, dia 4 de setembro, o Festcine Imperial na charmosa cidade de Petrópolis. Os locais de exibição dos filmes são Museu Imperial e Palácio de Cristal.  O propósito do festival foi passar 17 filmes e divulgá-los, dentre eles, O Homem pode Voar, documentário de Nelson Honeiff que foi exibido no último dia 2 de setembro.

Dentre os destaques da programação do Festcine Imperial está a exibição de dois documentários inéditos nos cinemas: o longa “Cícero Dias, o Compadre de Picasso”, de Vladimir Carvalho e o curta-metragem “Zelito – 50 Anos de Cinema”, de Ivan de Angelis. O festival também vai exibir o longa “Cidade de Deus – 10 Anos Depois”, de Cavi Borges e Luciano Vidigal, que mostra os sucessos e fracassos do elenco do longa de Fernando Meirelles.

 

Realizado pela Pacheco Monteiro Comunicações, com coprodução da Kinobrás e curadoria de Alexandre Macedo, o Festcine Imperial contará com quatro mostras: Panorama Brasil, que vai exibir oito longas-metragens nacionais; Panorama Internacional, que apresentará o épico “Linhas de Wellington”, que traz John Malkovich, Catherine Deneuve e grande elenco, além do drama “A Cold Night”, uma coprodução independente do Brasil/Dinamarca/Namíbia; Mostra Direitos Humanos, que trará o franco-suíço “A Lista de Carla e o belga “O Caso Pinochet”, entre outros. O Festcine Imperial ainda promove, na sessão Cine Sorriso, especialmente para as crianças, a exibição de dois longas-metragens de animação: o francês “O Passarinho Amarelo” e o brasileiro “Peixonauta – Agente Secreto da O.S.T.R.A.”.

O festival, que tem a expectativa de receber cerca de 10 mil pessoas ao longo do evento, também vai promover a integração das crianças do Vale do Carangola com o cinema, através de uma parceria com a Empresa CM Satisloh, viabilizando 41 pares de óculos de grau, para que as mesmas participem com qualidade das sessões Cine Sorriso. O projeto realizou exames em mais de 200 crianças.

“O objetivo do Festcine Imperial é valorizar e reconhecer Petrópolis como um grande polo empresarial, de arte, cultura e investimentos. Potencializar o que a cidade já oferece, com o diferencial de chamar atenção de um número maior de turistas, investidores e, sobretudo, estimular o petropolitano a favor do desenvolvimento cultural local”, afirmam Dani Brescianini e Luciana Pacheco, idealizadoras e produtoras do festival.

Corra lá para Petrópolis, uma cidade deliciosa e aconchegante para aproveitar o último dia do festival.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s