Poltrona Cabine: Animais Fantásticos e Onde Habitam/ Cesar Augusto Mota

Poltrona Cabine: Animais Fantásticos e Onde Habitam/ Cesar Augusto Mota

chegou-o-trailer-final-de-animais-fantasticos-e-onde-habitamApós 15 anos e 8 filmes, os fãs da saga Harry Potter vão ter o prazer de curtir um longa que representa uma adaptação de um livro mencionado na franquia e escrito pelo pesquisador Newt Scamander, com um catálogo repleto de animais fantásticos ao redor do mundo. Trata-se de uma nova era do Mundo Bruxo, para cativar novos fãs e os que cresceram acompanhando o bruxinho.

“Animais Fantásticos e Onde Habitam” se passa no ano de 1921, 70 anos antes dos acontecimentos de Harry Potter, e a história começa com a chegada de Newt Sacamander (Eddie Redmayne), a Nova York. Ele é ex-aluno da escola de magia Hogwarts, que está de posse de uma maleta recheada de animais mágicos coletados em suas viagens por todos os cantos do planeta.  Após um pequeno incidente, alguns bichos escapam e o bruxo precisa capturá-los rapidamente para evitar que algum mal aconteça.

Mas se você pensa que vai se deparar com cenas infantis e ações repetitivas, se engana. Há uma variedade de acontecimentos que fazem os espectadores serem transportados para um universo que contrasta com ambientes cheio de luzes e outros mais sombrios. Um destaque vai para a cena em que Jacob Kowalski (Dan Fogler), um simples trabalhador que sonha em obter empréstimo bancário para construir uma padaria, entra na maleta de Scamander e anda em meio a florestas iluminadas. Ele circula por esses ambientes até encontrar Obscurus, um misterioso fantasma que veio das trevas para assombrar o universo.

O roteiro, escrito por J.K Rowling, aborda temas variados e relevantes, como o temor pelo desconhecido, fanatismo religioso, intolerância e desigualdade, mas tudo é abordado de forma sistemática, sem provocar reações negativas no público. Além disso, a questão da representatividade também se faz presente no filme, com a aparição de uma personagem negra como presidente do Congresso Mágico dos Estados Unidos.

O elenco tem atuação destacada, aliada às presenças dos consagrados Colin Farrell e Johnny Depp, que tem uma breve aparição, mas não deixa de chamar a atenção. O vencedor do Oscar, Eddie Redmayne, se mostra um personagem cômico e sensível, com capacidade de cativar a todos e convincente como o feiticeiro Scamander. KatherineWaterston consegue cumprir o papel de sua personagem, uma ex-aurora que precisa investigar Newt Scamander e com desejo de alçar postos mais altos na MACUSA, o Congresso de Mágicos dos Estados Unidos.

Na parte visual, o uso de 3D valoriza os animais fantásticos que Newt Scamander guarda e que depois escapam de sua maleta, mas a fotografia, de responsabilidade de Philippe Rousselot, apresenta problemas em algumas cenas, com tons muito escuros e de difícil visualização.

O saldo de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” é positivo, e esse filme, o primeiro de uma série de cinco, traz como maior desafio tentar cativar vários públicos com personagens adultos num universo de magia que faz menções a Harry Potter. Personagens presentes na saga são mencionados, como Grindelwald e Dumbledore, que deverão ser explorados nas próximas produções.  Agora é aguardar ansiosamente por novas emoções, e que sejam muitas.

Anúncios

Um comentário sobre “Poltrona Cabine: Animais Fantásticos e Onde Habitam/ Cesar Augusto Mota

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s