O Último Durão-Mostra de Cinema celebra centenário e legado do ator Kirk Douglas

O Último Durão-Mostra de Cinema celebra centenário e legado do ator Kirk Douglas

kirk-douglas-97-birthday-ftrÚnico profissional em atividade a testemunhar tanto os anos dourados da cinematografia americana quanto os em que a censura proporcionou uma verdadeira caça às bruxas, Kirk Douglas completa 100 anos de idade no próximo dia 09 de dezembro. Para celebrar esta lenda viva do cinema, a Cinemateca do MAM, de curadoria de Ricardo Cota, realizará a Mostra O Último Durão – Centenário de Kirk Douglas de 25 de novembro a 11 de dezembro. A retrospectiva também será realizada no Cine Joia (29 de novembro a 11 de dezembro) e em Niterói no Cine Arte UFF (25 de novembro a 1 de dezembro).

A abertura da Mostra ocorreu na última sexta-feira, dia 25/11, na Cinemateca do MAM, com uma programação especial com direito a debate com Ricardo Cota, Mario Abbade e convidados, sobre a trajetória e obra de Kirk Douglas, bem como sobre sua luta por minorias, considerando sua importante colaboração na luta contra o macarthismo, tornando-se o primeiro astro a contrariar o sistema e contratar um roteirista cujo nome constava na lista negra, Dalton Trumbo, para assumir o roteiro “Spartacus” (Idem – 1960), produzido e protagonizado por Douglas, dirigido por Stanley Kubrick.

content_id

Há tempos planejada por Cota, esta homenagem a Douglas tem um sabor especial porque conta com sugestões do próprio ator na seleção de filmes – 29 longas ao todo, exibidos em dcp e blu-ray. A participação de Kirk Douglas se deu por intermédio de seus representantes e de Mario Abbade, jornalista e crítico de cinema, convidado pelo MAM para assumir a curadoria da Mostra devido à sua proximidade não apenas com os representantes do ator, mas, sobretudo, com sua obra.

Junto com a retrospectiva será lançado o livro O Último Durão – Centenário Kirk Douglas, com textos críticos sobre 29 filmes escolhidos pelo próprio Kirk Douglas e uma entrevista exclusiva com o ator e fotos de seu acervo pessoal. O livro foi organizado pelo jornalista e crítico de cinema Mario Abbade que convidou os jornalistas renomados Marcelo Janot, Rodrigo Fonseca, Susana Schild, Simone Zucolotto, Daniel Schenker, Ruy Gardnier, Sylvio Gonçalves, Alessandro Giannini e Ricardo Cota, entre outros, que colaboraram com textos. O lançamento será segunda, dia 12 de dezembro, às 19h, na livraria Blooks (Espaço Itaú de Cinema, na Praia de Botafogo).

Nascido em Amsterdam, no estado americano de Nova York, filho de imigrantes russos, Issur Danielovitch Demsky, popularmente conhecido como Kirk Douglas, é um exemplo de superação, pois antes de se tornar o patriarca de uma família tradicional do cinema americano, cujo descendente mais famoso é seu filho Michael Douglas, o ator é um sobrevivente da pobreza extrema que lhe impôs a triste realidade da fome. Não bastasse isso, por ser judeu, enfrentou o preconceito desde cedo, quando, aos seis anos de idade, fora acusado de assassinar Jesus Cristo. Acusação, esta, vinda de outra criança que lhe conferiu um soco no nariz.

Às custas de muito esforço, sempre trabalhando para pagar os estudos e ajudar nas despesas da família, Kirk Douglas começou a subir os primeiros degraus atuando em pequenas montagens da Broadway até interromper sua carreira para entrar na Marinha Americana em 1941, retornando aos palcos e à arte que o tornaria famoso somente após a Segunda Guerra Mundial, quando se aventurou nas telas de cinema com seu primeiro filme, “O Tempo Não Apaga” (The Strange Love of Martha Ivers – 1946), com a ajuda de Lauren Bacall, que insistiu para que o produtor Hal B. Wallis lhe concedesse uma chance durante as audições para o longa-metragem.

Tendo Gary Cooper como mentor no início da carreira, aos poucos conquistou público e crítica, ganhando cada vez mais espaço no cinema americano, tornando-se uma testemunha da ascensão e queda dos sistemas de estúdios e estrelas que vigoravam durante toda a era clássica do cinema americano, bem como a já citada censura imposta à sétima-arte no período do macarthismo, sendo um dos poucos profissionais a resistir ao teste do tempo e passar pelo crivo de festivais e instituições fora dos Estados Unidos, como o Festival de Cannes e o Festival de Berlim, que lhe concedeu o Urso de Ouro Honorário em 2001.

Apesar de uma vasta e aclamada filmografia, Kirk Douglas nunca venceu a estatueta do Oscar, sendo indicado na categoria de melhor ator em três ocasiões, por seus desempenhos em “O Invencível” (Champion – 1949), “Assim Estava Escrito” (The Bad and the Beautiful – 1952) e “Sede de Viver” (Lust for Life – 1956), todos selecionados para a Mostra que celebra seu centenário. No entanto, em 1996, quando o ator já estava com a saúde um tanto debilitada em decorrência do Acidente Vascular Cerebral (AVC) que sofreu no mesmo ano e de um acidente de helicóptero em 1991, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – AMPAS) o homenageou com um Oscar Honorário como forma de comemorar seus 50 anos de carreira e sua força criativa e moral na comunidade hollywoodiana.

Os longas-metragens citados anteriormente integram a programação da mostra ao lado de “Estranha Fascinação” (I Walk Alone – 1948), “Êxito Fugaz” (Young Man with a Horn – 1950), “A Montanha dos 7 Abutres” (Ace in the Hole – 1951), “Chaga de Fogo” (Detective Story, 1951), “A História de Três Amores” (The Story of Three Loves – 1953), “Mais Forte que a Morte” (Um acte d’amour – 1953), “Ulysses” (Ulisse – 1954), “20.000 Léguas Submarinas” (20,000 Leagues Under the Sea – 1954), “A Um Passo da Morte” (The Indian Fighter – 1956), “Sem Lei e Sem Alma (Gunfight at the O.K. Corral – 1957), “Glória Feita de Sangue” (Paths of Glory, 1957), “Vikings, Os Conquistadores” (The Vikings – 1958), “Cidade sem Compaixão” (Town without Pity – 1961), “Sua Última Façanha” (Lonely are the Brave – 1962), “A Cidade dos Desiludidos” (Two Weeks in Another Town – 1962), “Sete Dias de Maio” (Seven Days in May – 1964), “Ambição Acima da Lei” (Posse – 1975), “Exterminação 2000 (Holocaust 2000 – 1977), “A Fúria” (The Fury – 1978), “Cactus Jack, o Vilão” (The Villain – 1979), “Saturno 3” (Saturn 3 – 1980), “Amos” (Idem – 1985), “Os Últimos Durões” (Tough Guys, 1986) e “Illusion” (Idem – 2004), drama inédito nos cinemas brasileiros.

A Cinemateca do MAM também montará uma pequena exposição com material sobre o ator, assim como a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ) o homenageará pelo conjunto da obra e sua inestimável contribuição à sétima-arte – o troféu e o diploma concedidos pela instituição foram previamente enviados ao ator.

A Mostra “O Último Durão – Centenário de Kirk Douglas” é uma oportunidade única para cinéfilos, estudantes de cinema e profissionais da área assistirem parte da filmografia de Kirk Douglas na tela grande, pois é uma verdadeira aula de cinema que tem como protagonista um profissional versátil e talentoso, que passeou com muita naturalidade por diversos gêneros cinematográficos.

*Observação: Pensando na fatia do público que não tem disponibilidade para assistir aos filmes à tarde e/ou à noite, o Cine Joia decidiu realizar as sessões da Mostra “O Último Durão – Centenário de Kirk Douglas” às 10h45 da manhã.

Programação Kirk Douglas – MAM

25/11

15h30 Abertura com debate
16h30 O Tempo não Apaga (116 min) 14 anos
18h45 Estranha Fascinação (97 min) 14 anos

26/11

16h O Invencível (99 min) 14 anos
18h Êxito Fugaz (112 min) 14 anos

27/11

16h A Montanha dos 7 Abutres (111 min) 14 anos
18h15 Chaga de Fogo (103 min) 14 anos

29/11

16h Assim estava Escrito (118 min) 14 anos
18h15 A História de Três Amores (122 min) 14 anos

30/11

16h Mais Forte que a Morte (106 min) 14 anos

1/12

15h45 Ulysses (117 min) 14 anos
18h 20.000 Léguas Submarinas (127 min) 14 anos

2/12

16h A Um Passo da Morte (88 min) 14 anos
17h45 Sede de Viver (122 min) 14 anos

3/12

15h45 Sem lei e Sem Alma (122 min) 14 anos
18h Vikings, Os Conquistadores (116 min) 14 anos

4/12

15h30 Glória Feita de Sangue (88 min) 14 anos
17h15 Spartacus (184 min)

6/12

16h Cidade sem Compaixão (105 min) 14 anos
18h Sua Última Façanha (107 min) 14 anos

7/12

16h A Cidade dos Desiludidos (107 min) 14 anos
18h Sete Dias de Maio (118 min) 14 anos

8/12

16h30 Ambição Acima da Lei (92 min) 14 anos
18h15 Exterminação 2000 (102 min) 14 anos

9/12

16h Cactus Jack, o Vilão (89 min) 14 anos
18h Fúria (118 min) 14 anos

10/12

16h15 Saturno 3 (96 min) 14 anos
18h Amos (100 min) 14 anos

11/12

16h Os Últimos Durões (104 min) 14 anos
18h Illusion (106 min) 14 anos

Programação Kirk Douglas – Joia

29/11 – 10h45 O Invencível (99 min) 14 anos
30/11 – 10h45 Êxito Fugaz (112 min) 14 anos
1/12 – 10h45 Chaga de Fogo (103 min) 14 anos
2/12 – 10h45 A Montanha dos 7 Abutres (111 min) 14 anos
3/12 – 10h45 Assim estava Escrito (118 min) 14 anos
4/12 – 10h45 A Cidade dos Desiludidos (107 min) 14 anos
5/12 – 10h45 Sem lei e Sem Alma (122 min) 14 anos
6/12 – 10h45 A Fúria (118 min) 14 anos
7/12 – 10h45 Glória Feita de Sangue (88 min) 14 anos
8/12 – 10h45 Sua Última Façanha (107 min) 14 anos
9/12 – 10h45 A História de Três Amores (122 min) 14 anos
10/12 – 10h45 Sede de Viver (122 min) 14 anos
11/12 – 10h45 Spartacus (184 min) 14 anos

Programação Kirk Douglas – Cine Arte UFF

25/11 18h40 A Montanha dos 7 Abutres (111 min) 14 anos
26/11 18h40 Sede de Viver (122 min) 14 anos
27/11 18h40 Glória Feita de Sangue (88 min) 14 anos
28/11 18h40 Sem lei e Sem Alma (122 min) 14 anos
29/11 18h40 Sua Última Façanha (107 min) 14 anos
30/11 18h40 A Fúria (118 min) 14 anos
1/12 15h30 Spartacus (184 min) 14 anos

ingressos: R$10,00 / R$5,00
(MAM, Joia, UFF)

Por: Cesar Augusto Mota

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s