Top 5 Filmes Baseados em HQs que Você Não Conhece

Top 5 Filmes Baseados em HQs que Você Não Conhece

Salve galera.

Hoje está na moda os filmes baseados em HQs. Vários personagens estão saindo das páginas das revistas e pulando para as telas de cinema: Dr. Estranho, Vingadores, Batman, Homem de Ferro, Superman entre outros.

Mas existem diversos filmes que são baseados em revistas que talvez você não conheça, seja porque os personagens não fazem sucesso nas bancas ou são baseados em uma graphic novel especifica.

Então vamos ao Top 5 filmes baseados em HQs que você não conhece.

 

5 – Do Inferno (From Hell)

Data de publicação da HQ: 1989

Do Inferno HQ.jpg

Data de lançamento do filme: 2001

Do Inferno Filme.jpg

Apesar de ser totalmente contra as adaptações de suas obras, Alan Moore é uma grande fonte inspiradora para o cinema.

A revista Do Inferno é baseada na teoria sobre a possível identidade de Jack, o Estripador, enquanto o filme estrelado por Johnny Depp e Heather Graham é focado em um policial com poderes mediúnicos que investiga uma série de assassinatos em Londres.

Qual é melhor: disparado a HQ.

 

4 – Estrada para a Perdição (Road to Perdition)

Data de publicação da HQ:  1998

Estrada para Perdição HQ.jpg

Data de lançamento do filme: 2002

Estrada para Perdição Filme.jpg

A história de Estrada para Perdição não foi alterada na adaptação para as telas, levando o leitor / espectador para a Grande Depressão que atingiu os EUA no final da década de 20.

Tanto a HQ quanto o filme são focados em um homem que para sobreviver, recorre a única oportunidade que aparece: o crime. Michael Sullivan (Tom Hanks), um assassino da máfia que acaba se desentendo com o chefe do submundo de Chicago e decide enfrentar o crime organizado para proteger seu filho.

O elenco do filme deu um brilho extra para a história: Tom Hanks, Paul Newman, Jude Law, Jennifer Jason Leigh, Stanley Tucci e Daniel Craig. E a direção de Sam Mendes está intocável. Vale destacar que o filme foi indicado para 6 Oscars: melhor ator coadjuvante (Paul Newman), melhor direção de arte (Dennis Gassner e Nancy Haigh), melhor fotografia (Conrad Hall, que acabou ganhando), melhor trilha sonora original (Thomas Newman), melhor som (Scott Millan, Bob Beemer e John Pritchett) e melhor edição de som (Scott Hecker).

Qual é melhor: o páreo é duro, mas o filme é levemente melhor por causa do elenco.

 

3 – Marcas da Violência (A History of Violence)

Data de publicação da HQ: 1997

Marcas da Violencia HQ.jpg

Data de lançamento do filme: 2005

Marcas da Violencia Filme.jpg

Uma história pesada e que brilha tanto nas HQs quanto no cinema.

Tom Stall (Viggo Mortensen) é um pai de família e dono de uma lanchonete, que acaba ganhando as manchetes dos jornais depois que ele mata 2 adolescentes que tentam assaltar seu estabelecimento.

E após este incidente, sua família acaba descobrindo um passado de violência e crimes que Stall tentava esquecer e esconder da sua família.

Novamente o elenco é composto somente de nomes de primeira linha: Viggo Mortensen, Maria Bello, Ed Harris e William Hurt. E a direção ficou por conta de David Cronenberg.

Qual é melhor: o filme, mas novamente o vencedor foi escolhido por pouco.

 

2 – Anti-Herói Americano (American Splendor)

Data de publicação da HQ: 1976

Anti Heroi Americano HQ.jpg

Data de lançamento do filme: 2003

Anti Heroi Americano Filme.jpg

A HQ conta a história de Harvey Pekar (Paul Giamatti), um homem desiludido, que se encontra sem sentido na vida e acaba usando suas frustrações como fonte de inspiração para a revista American Splendor. O foco das histórias é seu dia a dia, em situações corriqueiras para as pessoas, mas sempre com um toque de humor e tragédia.

Vale destacar que ele é amigo de Robert Crumb (James Urbaniak), uma das maiores lendas das HQs do mundo. E o próprio Crumb foi uma das fontes de inspiração de Pekar, chegando inclusive a ajudá-lo a criar a série e desenhando as primeiras edições.

Qual é melhor: excelente filme, mas a HQ com os traços de Crumb ainda é insuperável.

 

1 – Azul é a Cor Mais Quente (Le Bleu est une Couleur Chaude – nome original da HQ / La Vie d’Adèle – Chapitres 1 & 2 – nome original do filme)

Data de publicação da HQ: 2010

Azul é a Cor Mais Quente HQ.jpg

Data de lançamento do filme: 2013

Azul é a Cor Mais Quente Filme.jpg

Um filme que ganhou muito destaque, sendo considerado uma das melhores produções francesas no ano do seu lançamento.

Tanto HQ quanto filme contam a história de Adèle (Adèle Exarchopoulos), uma estudante de segundo grau, que acaba descobrindo sua sexualidade ao se apaixonar pela pintora Emma (Léa Seydoux). E ambos acompanham Adèle e como este romance se estende durante sua vida, desde adolescente até se tornar adulta.

Um filme ousado e forte, como outras produções francesas. Imperdível.

Qual é melhor: empate.

@guimaraesedu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s