Poltrona Séries: ’13 Reasons Why’/ 1ª temporada

Poltrona Séries: ’13 Reasons Why’/ 1ª temporada

Pense em uma série ambientada nos corredores de uma escola e que aborda temas como bullying, depressão, ansiedade e pânico. À primeira vista, parece ser uma produção voltada para o público adolescente, mas não é o que acontece em ‘13 Reasons Why’, lançada na última sexta-feira (31), na Netflix.

Baseado no livro ‘Os Treze Porquês’, de Jay Asher, a série traz uma história que abalou a todos, principalmente o jovem Clay Jensen (Dylan Minnette). Hannah Baker (Katherine Langford) comete suicídio e deixa um conjunto de fitas gravadas que revelam os verdadeiros motivos que a levaram a cometer tal ato. As 13 peças caem nas mãos de Jensen, que precisa repassar para as demais pessoas que fizeram parte da vida de sua amada. Logo em seguida nos deparamos com um clima bastante tenso tomando conta de cada um.

A produção nos transmite muito bem as diferentes perspectivas de Jensen e de Hannah, com o primeiro bastante angustiado a cada fita revelada e a segunda apresentando sua verdade para todos. Dylan Minnete consegue cativar o espectador com seu personagem, apesar de Jensen demonstrar que pode perder o controle emocional a qualquer momento, e também consegue imprimir muita autenticidade para o público, sabe transmitir bem o desespero do jovem diante de uma situação trágica e sem poder fazer nada para mudar a história.

A série funciona como uma crítica à sociedade contemporânea, que muitas vezes não dá importância aos problemas vivenciados por adolescentes e jovens, como stress, ansiedade e bullying, e sequer aponta soluções para suavizar ou até mesmo solucionar os males que os afligem. Durante a série, um conjunto de e-mails são enviados aos pais dos alunos, além de cartazes sobre o suicídio de Hannah terem sido afixados nas paredes da escola, mas nada de diferente acontece. Um retrato de uma sociedade composta por muita gente omissa e inerte, para a nossa tristeza.

Além do descaso dos adultos em relação aos problemas dos adolescentes, há uma crítica velada ao machismo, com uma das personagens revelando que as mulheres são vistas como sexo frágil e inferiores. Alguns atos podem ser considerados fúteis aos olhos de alguns, mas a depender do contexto podem trazer consequências negativas, como um estigma de inferioridade que é muitas vezes propagado, principalmente em relação às mulheres.

A proposta de ’13 Reasons Why’ é muito positiva, cada atitude dos personagens traz consequências e o clima vai ficando ainda mais sombrio quando a história se aproxima do fim. Trata-se de uma produção que traz uma boa reflexão para o público acerca do cotidiano e dos diversos males existentes no dia a dia, não apenas restritos aos adolescentes. Pode a vida ser simples na visão de alguns, mas não estamos imunes a tudo o que nos rodeia. Não estamos preparados ainda para todas as situações, ainda há muito o que se explorar e aprender.

 

 

Por: Cesar Augusto Mota

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s