Poltrona Resenha: A Vigilante do Amanhã/Anna Barros

Poltrona Resenha: A Vigilante do Amanhã/Anna Barros

Não curto muito mangá, mas adoro ficção científica. Então fui conferir na sexta passada qual era a bossa de A Vigilante do Amanhã, com Scarlett Johansson e gostei muito. O filme explora o universo da Inteligência Artificial, tão em voga ultimamente e se sai bem, aliás muito bem.

A história é bem construída e logo você capta o enredo. E tudo é bem engendrado, com muita ação e principalmente, nesses filmes-cabeça: reflexão.

Acho a interpretação de Scarlett mediana mas até aceitável e ela passa verdade ao fazer uma mulher que teve sua vida destruída, seu passado e tudo o mais, que acaba virando um mezzo de humana e máquina. só que ela tem alma e a alma dela é que busca por respostas e ainda detém um pouco de sensibilidade. Daí o Ghost in the Shell do título original, que eu não sei porque os responsáveis pela distribuição brasileira, trocaram por esse título nada a ver.

Queria até que o romance dela com o colega de firma fosse mais explorado, mas o amor dela do passado é desenrolado e comove bastante visto que ele é um procurado terrorista. E mesmo que tenham virado máquina e só o cérebro tivesse sido mantido, ainda há neles alma, amor que transcende o tempo e a vida, mesmo que moderna e espacial.

Depois dessa, vou ler o mangá original e conferir.

Super recomendo! 4/5 poltronas

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s