Filme sueco ‘The Square’ leva Palma de Ouro no Festival de Cannes 2017

Filme sueco ‘The Square’ leva Palma de Ouro no Festival de Cannes 2017

Cineasta sueco Ruben Östlund celebra Palma de Ouro pelo filme ‘The Square (Crédito: Julien Warnand/ SIC Notícias)
Chegou ao fim neste domingo (28) o 70º Festival de Cannes, um dos mais importantes eventos do cenário cinematográfico. Marcado pela apresentação de grandes filmes, bem como pela polêmica que envolveu a Netflix, criticada por Pedro Almodóvar pela exibição de dois filmes sem terem passado por salas de cinema, enfim conhecemos os vencedores da edição de 2017.

O vencedor da Palma de Ouro foi o filme “The Square”, dirigido pelo sueco Ruben Östlund. O longa teve como foco explorar as ideias sobre os contratos sociais, o poder e a classe dominante e o menosprezo crescente do mundo da arte. O cineasta fez uma crítica em forma de sátira da burguesia ocidental e do mundo da arte contemporâneo por meio da história de um diretor de um museu. A produção contou com o protagonismo de Dominic West e Elizabeth Moss.

O prêmio de melhor diretor foi para Sofia Coppola, pelo filme “The Beguiled” (O Estranho que Nós Amamos), uma trama que se passa durante a Guerra Civil e protagonizada por Colin Farrell e Nicole Kidman. A atriz australiana recebeu durante a cerimônia um prêmio especial pelos 70 anos de aniversário da premiação.

Entre outros ganhadores, tivemos Joaquin Phoenix como melhor ator e Diane Kruger como melhor atriz, por “You Were Never Really Here” e “In the Fade”, respectivamente. O Prêmio do Júri foi para o diretor russo Andrei Zviaguintsev por “Loveless”, um filme que ilustra o drama de um ex-casal que sofre com o repentino desaparecimento do filho e que precisa deixar as divergências de lado para reencontrar a criança.

Confira a lista completa com todos os vencedores do Festival de Cannes 2017:

Palma de Ouro
The Square

Prêmio Especial 70º Aniversário
Nicole Kidman

Grande Prêmio do Júri
120 battements par minute

Melhor Diretor
Sofia Coppola (O Estranho que Nós Amamos)

Melhor Ator
Joaquin Phoenix (You Were Never Really Here)

Melhor Atriz
Diane Kruger (In the Fade)

Prêmio do Júri
Loveless

Melhor Roteiro
The Killing of a Sacred Deer / You Were Never Really Here

Camera d’Or
Jeune Femme

Prêmio FIPRESCI
120 battements par minute

Palma de Ouro de curta-metragem
Xiao Cheng Er Yue

Menção Especial
Katto

Por: Cesar Augusto Mota

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s