Mostra de Cinema celebra a arte de David Bowie

Mostra de Cinema celebra a arte de David Bowie

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 11 a 30 de julho de 2017, a mostra de cinema O homem que caiu na terra. Ao longo de quase cinquenta anos na indústria do entretenimento, o britânico David Bowie conduziu seu trabalho de forma consistente e, sempre atento à diversidade e à quebra de paradigmas, deu origem a verdadeiras obras primas não só na música, mas também no cinema. A mostra leva 26 dessas obras cinematográficas ao público carioca a preços populares.

Na programação, estão filmes que marcaram época e foram sucesso de público, como Labirinto – A magia do tempo e Eu, Christiane F., 13 anos, drogada e prostituída. O público terá a oportunidade de conferir, ainda, os clássicos cult de David Lynch, Twin Peaks: os últimos dias de Laura Palmer e Twin Peaks – The missing pieces. Dois curtas que têm, além da atuação, o roteiro de David Bowie também estão na lista, Pierrot in turquoise or the looking glass murders e Jazzin’ for blue jean,

Para a curadora da mostra, Roberta Sauerbronn, Bowie não era só um ator ou músico, mas sim uma persona, que imprimia autenticidade a tudo o que fazia. “Imagino que ele tenha escolhido os filmes que fez de acordo com o que acreditava, o que coloca na tela uma diversidade incrível”, explica.

Já para a escritora Wendy Leigh – autora de dezenas de biografias, com nomes como Grace Kelly e Madonna no currículo –, David Bowie não deveria ser chamado de camaleão, apelido que o acompanhou por boa parte de sua emblemática carreira. A jornalista defende que o termo mais apropriado para definir o artista é “caleidoscópio”. Para ela, o legado de Bowie é fruto de uma personalidade com múltiplas possibilidades, que mudava de cores e formas, mas nunca de essência.

A mostra traz produções que acompanharam e reafirmaram a trajetória de Bowie como unanimidade pop, entre elas O homem que caiu na Terra, que dá nome à mostra; Furyo, em nome da honra; A última tentação de cristo; Basquiat – Traços de uma vida, em que Bowie interpreta o também ícone cultural Andy Warhol; e Everybody loves sunshine (B.U.S.T.E.D.).

Ciclo de ideias:
A programação traz, ainda, um “ciclo de ideias”, formado por debates e oficinas. As atividades abordam temáticas relacionadas aos filmes apresentados, em um diálogo essencial para a discussão sobre o peso de Bowie na formação da cultura contemporânea. Toda a programação paralela é gratuita, e os ingressos serão distribuídos a partir de 1 hora antes de cada atividade.

As palestras têm como pauta temas como gênero, sexualidade, fama e drogas, elementos presentes na filmografia de David Bowie. Participam das atividades, músicos, jornalistas, pesquisadores e especialistas. Além disso, o estilo único de Bowie também será abordado em debate sobre moda e oficinas de maquiagem.

A mostra O homem que caiu na terra tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal e, depois de passar pelo Rio de Janeiro, ocupará as unidades da CAIXA Cultural em Fortaleza e Curitiba no início de 2018.

Programação:
11 de julho (terça-feira)
18h – Sessão de Abertura O Homem Que Caiu na Terra (1976), de Nicolas Roeg, Reino Unido, 139 min, Blu-Ray, 14 anos

12 de julho (quarta-feira)
16h – Apenas um Gigolô (1978), de David Hemmings, Alemanha Ocidental, 102 min, DVD, 14 anos;
18h30 – Ciclo de debates sobre gênero e sexualidade
Tema 1 – A quebra contemporânea da divisão binária dos papéis sexuais, com a mediação da Dra. Flávia Silva, e participação de Carina Tomaz e de Bárbara Aires;

13 de julho (quinta-feira)
16h – Médias e Curtas
The Image (1969), de Michael Armstrong, Reino Unido, 13 min, DVD, 18 anos;
Jazzin’ for Blue Jean (1984), de Julien Temple, Reino Unido, 20 min, DVD, 12 anos;
The Snowman (1982), de Diane Jackson, Reino Unido, 26 min, DVD, Livre;
17h30 – A Última Tentação de Cristo (1988), de Martin Scorcese, EUA/Canadá, 164 min, DVD, 14 anos;

14 de julho (sexta-feira)
16h – Absolute Beginners (1986), de Julien Temple, Reino Unido, 108 min, DVD, 14 anos;
18h30 – Debate Fama, reality shows e ultra exposição, com a participação de Ana Helena Pisponelly, Pedro de Luna e João Márcio Dias;

15 de julho (sábado)
14h – Oficina de maquiagem criativa e figurino, com Raphael Jacques.
16h – Labirinto – A magia do tempo (1986), de Jim Henson, EUA/Reino Unido, 101 min, Blu-Ray, 12 anos;
18h30 – Everybody Loves Sunshine (B.U.S.T.E.D.) (1999), de Andrew Goth, Reino Unido, 97 min, DVD, 16 anos;

16 de julho (domingo)
16h – Arthur e os Minimoys (2006), de Luc Besson, França, 104 min, DVD, Livre;
18h30 – Furyo, Em Nome da Honra (1983), de Nagisa Oshima, Reino Unido/Japão/Nova Zelândia, 123 min, DVD, 14 anos;

18 de julho (terça-feira)
16h – Twin Peaks – The Missing Pieces (2014), de David Lynch, EUA/França, 92 min, DVD, 18 anos;
18h – Twin Peaks – Os últimos dias de Laura Palmer (1992), de David Lynch, EUA/França, 135 min, DVD, 18 anos;

19 de julho (quarta-feira)
16h – Os Soldados Virgens (1969), de John Dexter, Reino Unido, 96 min, DVD, 16 anos;
18h30 – Ciclo de debates sobre gênero e sexualidade
Tema 2 – A sexualidade em trânsito, na mão contrária do conservadorismo, com a mediação da Dra. Flávia Silva, e participação de Sharlenn Carvalho e Tyaro Maia;

20 de julho (quinta-feira)
16h – Um Romance Muito Perigoso (1985), de John Landis, EUA, 115 min, DVD, 14 anos;
18h30 – Romance por Interesse (1991), de Richard Shepard, EUA, 108 min, DVD, 14 anos;

21 de julho (sexta-feira)
16h – Médias e Curtas
Empty (2000), de Tony Ousrler, EUA, 4 min, DVD, 18 anos;
Pierrot in Turquoise or The Looking Glass Murders (1970), de Brian Mahoney, Reino Unido, 27 min, DVD, 18 anos;
The Snowman (1982), de Diane Jackson, Reino Unido, 26 min, DVD, Livre;
18h30 – Debate Estilo vanguardista de Bowie, com a participação de Carol Althaller e Carol Rabello;

22 de julho (sábado)
16h – Arthur e os Minimoys (2006), de Luc Besson, França, 104 min, DVD, Livre;
18h30 – Reação Colateral (2008), de Austin Chick, EUA, 88 min, DVD, 14 anos;

23 de julho (domingo)
16h – O Segredo de Mr. Rice (2000), de Nicholas Kendall, Canadá, 94 min, DVD, 12 anos;
18h30 – O Pirata da Barba Amarela (1983), de Mel Damski, Reino Unido, 97 min, DVD, 12 anos;

25 de julho (terça-feira)
16h – II Mio West – Gunslinger´s Revenge (1998), de Giovanni Veronesi, Itália, 97 min, DVD, 14 anos;
18h30 – Apenas um Gigolô (1978), de David Hemmings, Alemanha Ocidental, 102 min, DVD, 14 anos;

26 de julho (quarta-feira)
16h – Fome de Viver (1983), de Tony Scott, Reino Unido, 97 min, DVD, 18 anos;
18h30 – Ciclo de debates sobre gênero e sexualidade
Tema 3 – A exposição como forma de luta pelo direito ao corpo e a liberdade de expressão sexual, com mediação da Dra. Flávia Silva, e participação de Rafaela Monteiro e Jeosane Kim (Xota-K);

27 de julho (quinta-feira)
16h – Médias e Curtas
Empty (2000), de Tony Ousrler, EUA, 4 min, DVD, 18 anos;
The Image (1969), de Michael Armstrong, Reino Unido, 13 min, DVD, 18 anos;
Jazzin’ for Blue Jean (1984), de Julien Temple, Reino Unido, 20 min, DVD, 12 anos;
Pierrot in Turquoise or The Looking Glass Murders (1970), de Brian Mahoney, Reino Unido, 27 min, DVD, 18 anos;
18h – O Grande Truque (2006), de Christopher Nolan, EUA/Reino Unido, 130 min, DVD, 14 anos;

28 de julho (sexta-feira)
16h – Eu, Christiane F., 13 anos, drogada e prostituída (1981), de Uli Edel, Alemanha Ocidental, 131 min, DVD, 18 anos;
18h30 – Debate Cérebro, Drogas e Rock N’ Roll, com a participação dos Prof. Dr. Erick Conde, Prof. Dr. Tiago Arruda e Prof. Dr. Daniel Mograbi.

29 de julho (sábado)
16h – O Segredo de Mr. Rice (2000), de Nicholas Kendall, Canadá, 94 min, DVD, 12 anos;
18h30 – O Pirata da Barba Amarela (1983), de Mel Damski, Reino Unido, 97 min, DVD, 12 anos;

30 de julho (domingo)
16h – Labirinto – A magia do tempo (1986), de Jim Henson, EUA/Reino Unido, 101 min, Blu-Ray, 12 anos;
18h30 – Basquiat – Traços de Uma Vida(1996), de Julian Schnabel, EUA, 108 min, DVD, 16 anos;

Serviço:
Mostra O Homem que caiu na terra
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Data: 11 a 30 de julho de 2017
Horários: Consultar programação
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Lotação: 80 lugares (mais dois para cadeirantes)
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Classificação Indicativa: Consultar programação
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal
Facebook: https://www.facebook.com/ohomemquecaiunaterra/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s