Poltrona Cabine: Como se Tornar um Conquistador/ Cesar Augusto Mota

Poltrona Cabine: Como se Tornar um Conquistador/ Cesar Augusto Mota

Ninguém conseguirá viver feliz se se sentir com medo e o que ganhamos é pelo que trabalhamos e não o que desejamos. Esses dois pensamentos estão presentes em ‘Como se Tornar um Conquistador’, filme do diretor Ken Marino, com o protagonismo de Eugenio Derbez e um elenco de peso, composto por Salma Hayek, Rob Lowe, Michael Cera, Kristen Bell e Raquel Welch. Uma história cômica e didática que sem dúvida vai envolver você.

Máximo (Derbez) é um homem que sonha em viver uma vida de luxo, com muitos carros, empregados, mas sem levantar uma palha para isso. O mulherengo utiliza de suas táticas de sedução para atrair mulheres mais velhas e ricas e atingir seu objetivo, viver com sombra e água fresca. Mas tudo começa a mudar para ele quando após 25 anos de casamento é trocado por um rapaz mais jovem (Michael Cera) e perde todos os bens. A situação obriga Máximo a viver com Sara (Hayek), uma irmã distante e com quem não possui uma boa relação, e o sobrinho Hugo (Raphael Alejandro), um garoto meigo, intelectual e um tanto problemático. O que parece ser tranquilo torna-se algo complexo, pois Máximo nunca soube o que é realmente uma família e terá que aprender a conviver com Sara e Hugo, além de buscar trabalho, que nunca exerceu.

Durante a convivência com o sobrinho, Máximo descobre que Hugo nutre uma paixão secreta por Arden (Mckenna Grace), colega de escola, mas ele não tem coragem de chegar e falar com ela. E Sara tem uma leve queda por seu vizinho, mas ela não se sente pronta para um novo relacionamento após a morte do marido. Entra na história a avó de Arden, Celeste (Welch), uma senhora idosa e milionária, e Máximo vê nela a oportunidade de retomar à sua vida de ostentação, e para conseguir conquistá-la ele vai ajudar irmã e sobrinho para conseguir se aproximar de Celeste. Uma grande bola neve é formada durante a trama e que pode causar muitos estragos.

O roteiro, assinado por Chris Spain e Jon Zack, nos apresenta uma história com importantes mensagens, como a importância de se ter um trabalho, a busca pela felicidade e a importância da família, e aos poucos o protagonista vai descobrir o valor de cada um desses itens, além de se revelar um homem de bom coração, apesar de se mostrar um tanto egoísta e vaidoso em boa parte das ocasiões.

Além disso, os recursos utilizados para se transmitir as mensagens, como o uso de situações tragicômicas em alguns momentos e atitudes mais sérias em outros funciona bem, não torna a história vazia e sem propósito. Tudo é feito na medida certa, e os atores foram capazes de transmitir o que o filme propôs, uma divertida comédia, dosada de momentos reflexivos.

Os atores mostraram uma química incrível, a parceria entre Salma Hayek e Eugenio Derbez deu muito certo, e o desempenho de seus personagens, dois irmãos tão diferentes, mostra que nem sempre é tarde para recomeçar e que tudo pode ser reparado. O núcleo de conflito da história também funciona, as situações mais arriscadas e complicadas conseguiram arrancar o melhor de Máximo, além de proporcionar boas risadas com alguns momentos cômicos, como na festa de Arden, onde Máximo tenta conquistar Celeste.

Fique ligado, ‘Como se Tornar um Conquistador’ vai fazer você rolar de rir e dar mais valor à vida, não perca sua estreia por nada. Com distribuição da Paris filmes, o longa chega ao circuito nacional em 27 de julho de 2017, confira!

 

 

Por: Cesar Augusto Mota

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s