American Gods: Série sobre novos e antigos deuses ganha data de estreia no Brasil

American Gods: Série sobre novos e antigos deuses ganha data de estreia no Brasil

Depois de algumas especulações, finalmente foi confirmada a data de estreia da nova série ‘American Gods’ no Brasil e resto do mundo: 30 de abril e 1 de maio, respectivamente.

A produção será exibida por meio da Amazon Prime Video e contará inicialmente com 10 episódios. Com produção de Bryan Fuller (Hannibal) e Michael Green, a história nos mostra dois grupos, de deuses e criaturas mitológicas, que são alimentados pelas crenças do povo. Mas com o advento de tecnologias mais avançadas e dos cultos a novos ídolos como cantores, atores, modelos e atletas, os velhos deuses temem perder ainda mais espaço e até mesmo desaparecerem frente a essas novas celebridades.

O elenco terá as participações de Ian McShane, Ricky Whittle, Emily Browning, Orlando Jones, Crispin Glover, Pablo Schreiber e Gillian Anderson.

 

 

Por: Cesar Augusto Mota

Giovanna Antonelli dubla a personagem Janice em O Poderoso Chefinho

Giovanna Antonelli dubla a personagem Janice em O Poderoso Chefinho

O Poderoso Chefinho é uma história universal hilária sobre como a chegada de um novo bebê impacta a família, contada do ponto de vista de um narrador deliciosamente confiável, Tim, um garoto de sete anos com uma imaginação vívida. Com uma mensagem que aquece o coração sobre a importância da família.

 

A atriz Giovanna Antonelli, que iniciou sua carreira aos 15 anos e que já participou de diversas novelas, empresta a voz à mãe do poderoso chefinho – Janice, que na versão internacional conta com a voz de Lisa Kudrow. A animação conta também com as vozes de Alec Baldwin, Steve Buscemi, Jimmy Kimmel, Lisa Kudrow, Patton Oswalt, Miles Bakshi.

 

O Poderoso Chefinho estreia no dia 30 de março.

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana

2464_capa.jpg

Power Rangers: Ação, Aventura e Ficção Científica.  Diretor – Dean Israelite.

Sinopse: A jornada de cinco adolescentes que devem buscar algo extraordinário quando eles tomam consciência que a sua pequena cidade Angel Grove e o mundo estão à beira de sofrer um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, eles irão descobrir que são os únicos que poderão salvar o planeta. Mas para isso, eles devem superar seus problemas pessoais e juntarem sua forças como os Power Rangers, antes que seja tarde demais.

 

2471_capa

 

Fragmentado: Suspense de Night Shyamalan.

Sinopse: Kevin possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.

 

2455_capa

 

T2 Trainspotting: Drama de Danny Boyle.

Sinopse: Renton retorna à cidade natal depois de vinte anos de ausência. Hoje, ele é um homem novo, com um emprego fixo e livre das drogas. Os amigos não tiveram a mesma sorte: Sick Boy comanda um comércio fracassado, Spud continua dependente de heroína e Begbie está na prisão. Aos poucos, Renton revela que sua realidade não é tão positiva quanto ele mostrava, e volta a praticar os crimes de antigamente. Sequência de Trainspotting – Sem Limites.

 

2474_capa

 

 

Era o Hotel Cambridge: Documentário de Eliane Caffé.

Sinopse: Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Por: Vitor Arouca

 

Paterson lança novo cartaz nacional

Paterson lança novo cartaz nacional

Paterson é um motorista de ônibus da cidade de Paterson, Nova Jersey — eles têm o mesmo nome. Diariamente, o homem repete uma rotina simples: dirige sua rota, observando a cidade que se revela pela janela e ouvindo fragmentos de conversas que o rodeiam; escreve poesias em um caderno; passeia com o cachorro; para em um bar, bebe uma cerveja e, depois, volta para casa para encontrar a esposa, Laura. Ao contrário do marido, o mundo de Laura está sempre mudando. Ela tem novos sonhos todos os dias. Paterson apoia as ambições dela; ela encoraja o talento dele para a poesia. O filme observa silenciosamente as vitórias e derrotas da vida cotidiana, e a poesia que se evidencia nos pequenos detalhes.
Sobre o atorAdam Driver de 32 anos coleciona com este papel mais um marco em sua carreira já promissora, da série de TV “Girls” ao papel de vilão no último Star Wars, passando pela comédia independente americana (“Frances Ha” e “Enquanto Somos Jovens”).
 
Sobre o diretor: O cineasta Jim Jarmusch, de 63 anos, já foi selecionado diversas vezes para o Festival de Cannes, e foi premiado com um Prêmio do Júri em 2005 por “Flores Partidas”.
 
Sobre a atriza franco-iraniana de 28 anos, Golshifteh Farahani, estrelou “M For Mother”, filme escolhido para representar o Irã na categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar de 2008. E, também interpretou uma enfermeira em “Rede de Mentiras”, contracenando com Leonardo DiCaprio e dirigida por Ridley Scott.
Festivais:
* Festival de Cannes
*Festival de Toronto
The Big Bang Theory ganha mais duas temporadas

The Big Bang Theory ganha mais duas temporadas

Impossível não amar The Big Bang theory! Pois é, para aqueles que amam a série uma novidade sensacional: The Big Bang ganha mais duas temporadas.

Congratulações a todo o cast e equipe da série que estreou há dez anos e continua bombando. Cada dia um episódio mais interessante e divertido que outro!!

The Big Bang tem sido a número 1 há cinco anos!!

Vida longa à The Big Bang Theory! Qual é o seu personagem favorito?

Por Anna Barros

 

Poltrona Cabine: Dolores/ Cesar Augusto Mota

Poltrona Cabine: Dolores/ Cesar Augusto Mota

Baseado numa história real, ‘Dolores’, uma coprodução Brasil e Argentina, é um retrato fiel da vida de fazendeiros argentinos que buscam meios de sobreviver durante a Segunda Guerra Mundial. Um misto de romance e drama que promete impressionar o público.

A história nos mostra Dolores (Emilia Attías), uma argentina residente na Escócia, que retorna à sua terra natal após a morte da irmã Helen para cuidar do sobrinho Harry. Lá reencontra Jack (Guillermo Pfening), cunhado e antiga paixão durante a adolescência. O cenário é de melancolia, não só pela dor da perda de Helen, como também de desespero, tendo em vista que a casa da família está hipotecada e a dívida com 14 meses de atraso.

Com a chegada de Dolores, o núcleo familiar ganha novo fôlego e as negociações com o banco são retomadas, mas a questão da paixão mal resolvida entre Dolores e Jack se torna cada vez mais perturbadora. A irmã de Jack, Florrie (Mara Bestelli), tenta impedir o romance, mas a situação piora quando entra na história o rico fazendeiro e descendente de alemães, Octavio Brandt (Roberto Birindelli).

Com o coração dividido, Dolores terá que se resolver com quem quer ficar em meio a um cenário de guerra. Se a questão histórica de rivalidade entre ingleses e alemães era latente, acabou por desembocar para o lado pessoal, tendo em vista a descendência inglesa de Jack e a alemã de Octavio.

A sequência de ações, bem como o trabalho de direção de arte, com as réplicas de figurinos da década de 1940 são excepcionais. O diretor Juan Dickinson acerta na proposta de trazer ao público um filme de uma das épocas mais cruciais para a humanidade, aliado ao charme e glamour dos bailes existentes na ocasião. O roteiro é sólido, com incríveis reviravoltas na trama, bem como atuações dignas do elenco.

E por falar em atuações, o desempenho de Emilia Attías como Dolores é impressionante, sua interpretação é de tamanha elegância e ilustra uma mulher forte e que conseguiu se impor numa época predominantemente masculina, além de ser o oposto de Jack, seu antigo amor, frágil e que raramente tomava decisões difíceis. Essa postura firme e a personalidade forte fazem de Dolores uma das razões para acompanhar o filme de nome homônimo, de ótima produção e extremo bom gosto.

‘Dolores’ participou da Première Latina no Festival do Rio de 2016 e produzido pela produtora brasileira Angelisa Stein, da empresa Valkyria Filmes e a argentina Dar A Luz Cine, de Fernando Musa. A estreia no circuito nacional está prevista para 30 de março de 2017.

 

Matrix | Roteirista esclarece que novo projeto não será um reboot

Matrix | Roteirista esclarece que novo projeto não será um reboot

Depois da informação que a Warner Bros. Pictures estaria desenvolvendo um novo filme da franquia Matrix, o roteirista Zak Penn comentou sobre o projeto. A notícia, revelada pelo “Hollywood Reporter” deixou os fãs preocupados com o risco de alguém resolver refilmar a clássica obra das irmãs Wachowski. Mas Penn, numa série de tuítes, garante que esses não são os planos.

“Tudo o que posso dizer nesse momento é que ninguém poderia ou deveria REFILMAR ‘Matrix’. Quem conhece ‘Animatrix’ e os quadrinhos entende”, disse ele se referindo à série de curtas de animação inspirados no universo Matrix lançados em 2003.

“Não posso comentar a não ser para dizer que a palavra “refilmagem” apareceram em um artigo. Vamos parar de reverberar notícias imprecisas”, continua. “Que tal relançar ‘Matrix’?Não refilme, não dá para fazer melhor.”

Em entrevista recente, o ator Keanu Reeves mostrou interesse em voltar ao seu papel de Neo, se os produtores originais estivessem envolvidos. “Eles teriam que escrever e dirigir”, disse o ator a um portal. “Aí veríamos como seria a história. Seria estranho, mas por que não?”, completou.

O filme Matrix se tornou um sucesso enorme quando lançado, em 1999, graças às suas técnicas revolucionárias de efeitos especiais. O filme ganhou quatro prêmios Oscar e duas sequências, menos bem recebidas, mas com grande sucesso de bilheteria. Além disso, ganhou também produtos diversos como a série de curtas Animatrix e alguns jogos e colecionáveis.