Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 01

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 01

154840O Círculo: Ficção e Suspense de James Ponsoldt. Elenco: Emma Watson, Tom Hanks, John Boyega.

Sinopse: The Circle é uma das empresas mais poderosas do planeta. Atuando no ramo da Internet, é responsável por conectar os e-mails dos usuários com suas atividades diárias, suas compras e outros detalhes de suas vidas privadas. Ao ser contratada, Mae Holland (Emma Watson) fica muito empolgada com possibilidade de estar perto das pessoas mais poderosas do mundo, mas logo ela percebe que seu papel lá dentro é muito diferente do que imaginava.

Resenha do filme: https://poltronadecinema.wordpress.com/2017/06/19/poltrona-resenha-o-circulo-cesar-augusto-mota/

 

2594_capaMeus 15 Anos: Filme brasileiro Infantil com direção de Caroline Fioratti. Elenco: Larissa Manoela, Rafael Infante, Daniel Botelho, Bruno Peixoto, Victor Meyniel Clara Caldas, Bruna Tatar, Pyong Lee, Heslaine Vieira, Rafael Awi, Polly Marinho.

Sinopse: Aos quatorze anos de idade, Bia descobre que vai ganhar uma grande festa de quinze anos. Mas tem um problema: a garota sonhadora e apaixonada por música não tem muitos amigos para convidar ao evento, por ser pouco popular na escola. Ela conta coma a ajuda do único amigo, Bruno, e do pai Edu, para consertar a situação.

 

ao-cair-da-noite

 

Ao Cair da Noite: Terror e Suspense de Trey Edward Shults. Elenco – Joel Edgerton, Riley Keough, Christopher Abbott.

Sinopse: Paul mora com sua esposa e o filho numa casa solitária e misteriosa, mas segura, até que chega uma família desesperada procurando refúgio. Aos poucos a paranoia e desconfiança vão aumentando e Paul vai fazer de tudo para proteger sua família contra algo que vem aterrorizando todos.

Por: Vitor Arouca

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana

O Festival Varilux é um evento somente de filmes franceses, neste ano teremos a exibição de 19 filmes. Os filmes serão transmitidos em várias redes de cinema do dia 08 de junho até 21 de junho. Confira a programação de sua cidade no site http://variluxcinefrances.com/2017/o-festival/.

a-mumia.jpg

 

A Múmia: Ação e Aventura de Alex Kurtzman.

Sinopse: Nas profundezas do deserto, uma antiga rainha cujo destino foi injustamente tirado está mumificada. Apesar de estar sepultada em sua cripta, ela desperta nos dias atuais. Com uma maldade acumulada ao longo dos anos, ela espelha terror desde as areais do Oriente Médio até os becos de Londres.

 

2578_capa

 

Neve Negra: Drama de Martin Hodara. O filme argentino mais aguardado do ano.

Sinopse: Salvador vive isolado do mundo nas colinas geladas da Patagônia. Sozinho há décadas, ele recebe a inesperada visita do irmão Marcos e da cunhada Laura. O objetivo dos dois é que Salvador aceite vender as terras que os irmãos receberam em herança, mas ele não está nem um pouco disposto.

 

filhos-de-bach.jpgFilhos de Bach: Comédia e Drama de Ansgar Ahlers.

Sinopse: Marten é um professor de música alemão que chega em Ouro Preto, no Brasil, a fim de resgatar uma partitura original composta por um dos filhos de Bach. Na cidade, o professor se envolve em algumas confusões e será ajudado pelo mineiro Candido. Com o tempo, o organizado Marten terá que se adaptar à rotina brasileira e Candido o incentivará a dar aula de música para crianças da cidade. Aos poucos, ele reaprende o prazer e alegria e ensinar às crianças que estavam até então desorientadas.

 

2563_capa.jpg

 

Paris Pode Esperar: Romance de Eleanor Coppola.

Sinopse: Anne está casada com o produtor de cinema Michael. Ele a ama muito, mas não tem tempo para dedicar à esposa. Por isso, no trajeto de Cannes até Paris, Anne é acompanhada pelo sócio de seu marido. O trajeto deveria demorar sete horas, mas ao longo de várias paradas, eles passam a se conhecer melhor enquanto apreciam as paisagens francesas.

Por: Vitor Arouca

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana

o-dia-do-atentado

O Dia do Atentado: Ação e Drama de Peter Berg.

Sinopse: Após os atentados terroristas à Maratona de Boston em 2013, um grupo formado pelo Sargento da Polícia Tommy Saunders, o Agente Especial Richard Deslauries, o Comissário da Polícia Ed Davis, o Sargento Jeffrey Pugliese e a enfermeira Carol Saunders se une aos bravos sobreviventes para identificar e capturar os responsáveis pelo ataque terrorista antes que eles possam fazer novas vítimas.

 

Resenha: https://poltronadecinema.wordpress.com/2017/05/09/poltrona-cabine-o-dia-do-atentado-cesar-augusto-mota/

 

2541_capa.jpg

 

A Promessa: Romance e Drama de Terry George.

Sinopse: Um triângulo amoroso surge em meio aos últimos dias do Império Otomano. Durante estes dias turbulentos, Michael, um estudante de medicina excepcional, e Chris, um renomado jornalista americano vão disputar o amor da bela Ana.

 

o-cidadao-ilustre.jpg

 

O Cidadão Ilustre: Comédia e Drama de Gastón Duprat.

Sinopse: Daniel Mantovani, um escritor argentino e vencedor do Prêmio Nobel, radicado há 40 anos na Europa, volta à sua terra natal, ao povoado onde nasceu e que inspirou a maioria de seus livros, para receber o título de Cidadão Ilustre da cidade – um dos únicos prêmios que aceitou receber. No entanto, sua ilustre visita desencadeará uma série de situações complicadas entre ele e o povo local.

 

2540_capa.jpg

Alien Convenant: Ficcção Científica, Terror e Ação de Ridley Scott.

Sinopse: 2104. Viajando pela galáxia, os tripulantes da nave colonizadora Covenant encontram um planeta remoto com ares de paraíso inexplorado. Encantados, eles acreditam na sorte e ignoram a realidade do local: uma terra sombria que guarda terríveis segredos e tem o sobrevivente David como habitante solitário.

 

Resenha: https://wordpress.com/post/poltronadecinema.wordpress.com/16466

Por: Vitor Arouca

 

Estreias da Semana/ Poltrona Estreia/ Parte 02

Estreias da Semana/ Poltrona Estreia/ Parte 02

2514_capa.jpg

 

Pitanga: Documentário de Beto Brant e Camila Pitanga.

Sinopse: A vida, a obra, a trajetória e a carreira de Antônio Pitanga, um dos maiores atores do cinema nacional de todos os tempos, protagonista de momentos marcantes da cinematografia brasileira e protagonista de filmes importantes dirigidos por nomes como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr.

 

 

 

 

Argentina: Musical de Carlos Saura.

Sinopse: Explorando a música popular, o documentário mescla passado, presente e futuro para se aprofundar no folclore argentino.

 

2515_capaTodas as Manhãs do Mundo: Documentário de Lawrence Wahba, Tatiana Lohman.

Sinopse: Um retrato afetivo e aprofundado sobre as manhãs: o nascer do sol, os acontecimentos das primeiras horas do dia com animais exóticos e batalhas por sobrevivência, e também a esperança e a beleza que se renovam a cada amanhecer na natureza, seja no deserto da Baja Califórnia, no Pantanal, nos mares tropicais, nas savanas africanas e nas florestas do Canadá.

Por: Vitor Arouca

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 1

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 1

2423_capa

Lion: Uma Jornada Para Casa: Drama de Garth Davis. Concorre ao Oscar de melhor filme.

Sinopse: Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.

 

9rlrt2uJohn Wick – Um Novo Dia Para Matar: Ação de Chad Stahelski.

Sinopse: John Wick é forçado a deixar a aposentadoria mais uma vez por causa de uma promessa antiga e viaja para Roma, a Cidade Eterna, com o objetivo de ajudar um velho amigo a derrubar uma organização internacional secreta, perigosa e mortal de assassinos procurados em todo o mundo.

Resenha: https://poltronadecinema.wordpress.com/2017/02/15/poltrona-cabine-john-wick-um-novo-dia-para-matar-cesar-augusto-mota/

257986-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

 

Aliados: Drama de Robert Zemeckis. Mais um filme de Brad Pitt.

Sinopse: Em uma missão para eliminar um embaixador nazista em Casablanca, no Marrocos, os espiões Max Vatan e Marianne Beausejour se apaixonam perdidamente e decidem se casar. Os problemas começam anos depois, com suspeitas sobre uma conexão entre Marianne e os alemães. Intrigado, Max decide investigar o passado da companheira e os dias de felicidade do casal vão por água abaixo.

Por: Vitor Arouca

Maratona Oscar: Até o Último Homem

Maratona Oscar: Até o Último Homem

2396_capaO filme de Mel Gibson é baseado em fatos reais. O longa foi indicado em seis categorias do Oscar. Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Mixagem de Som, Melhor Edição de Som e Melhor Edição.

Desmond Doss é um homem religioso e sofre junto com a sua família devido ao alcoolismo do pai, Tom Doss. A doença de Tom afeta diretamente a relação com sua esposa, Bertha Doss e com os filhos, Desmond e Harold.

Tom é um ex – soldado do Exército americano que sempre deixou claro para os seus filhos que não seguissem a carreira militar devido aos grandes traumas psicológicos que ele sofreu durante as guerras em que participou, mas os seus filhos não seguiram o seu conselho. Harold virou soldado do Exército e Desmond médico.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Exército precisava de mais homens para a Batalha de Okinawa e nessa abertura dos militares para a inscrição de civis, Desmond Doss se habilita á serviço dos Estados Unidos da América. Desmond é direcionado para a companhia de atiradores. Doss que segue os princípios de sua religião passa por quase todos os testes antes da guerra, mas se recusa a pegar numa arma para atirar e isso revolta os comandantes do Exército que fazem de tudo para tirar o rapaz religioso do serviço militar.

Doss acaba sendo preso por não seguir todas as normas estabelecidas pelo Exército e é julgado. Demond Doss ganha o julgamento e consegue a permissão para ir a Batalha de Okinawa como médico e sem ter uma arma.

Por: Vitor Arouca

Maratona Oscar: Ryan Gosling e Emma Stone de La la Land/Anna Barros

Maratona Oscar: Ryan Gosling e Emma Stone de La la Land/Anna Barros

la-la-land-2La la Land já teve sua resenha publicada aqui e hoje vamos falar das interpretações de Ryan Gosling e Emma Stone que concorrem ao prêmio de Melhor Ator e Melhor Atriz. Não é à toa que os dois estão arrebatando vários prêmios por aí. Eles estão simplesmente sensacionais. Emma está sensível, delicada e totalmente inserida na atmosfera nostálgica e sublime de La La Land, favoritaço a ganhar o Oscar de Melhor Filme e de Melhor Direção para Damian Chazelle. Seu desempenho é simplesmente espetacular e sua simbiose com Ryan Gosling é perfeita.

Ryan também arrebentou, mas tem em seus calcanhares Denzel Washington por Fences e Casey Afleck por Manchester à beira-mar. A meu ver, Denzel incomoda mais. Ryan está perfeito, em estilo próprio, mal-humorado compondo um músico que ama jazz e que quer levar seu sonho de um jazz club adiante. Ele aprendeu a tocar piano, passa veracidade ao tocar o instrumento, dança, canta, enfim incorpora de maneira doce e cativante um Fred Astaire.

Emma empresta seus olhos azuis grandões a uma mocinha batalhadora e sonhadora, que acaba tendo a ajuda do amado para realizar tudo que sempre sonhou a vida toda. Mia é o protótipo da heroína moderna.

La La Land é um filme de metalinguagem que resgata clássicos como Casablanca e Juventude Transviada e extravasa toda a paixão dos musicais. A cena inicial dos motoristas cantando no engarrafamento é simplesmente antológica e  ali que os protagonistas se encontram, de maneira fugaz e inesperada. Sebastian ainda reluta e a refuga e depois acaba se entregando ao amor de Mia.

Eu vou torcer por Ryan Gosling e Emma Stone. Chorei muito na sessão. O filme me tocou profundamente. Talvez por amar musicais, esse é daqueles típicos, mesmo. Talvez pela perda da minha querida mãezinha no último dia 20 de janeiro.

Enfim, as atuações de Emma e Ryan são luminosas! Iluminem-se logo e corram para assistir La La Land. Para ontem!

 

Esse post é in memoriam à Maria de Lurdes Faria de Barros, que ia pouco ao cinema, mas quando ia amava filmes nacionais! Seu filme predileto era Ghost! Descanse em paz, mamãe!

Por Anna Barros