Estes filmes e Séries irão sair do catálago da Netflix em agosto

Estes filmes e Séries irão sair do catálago da Netflix em agosto

Segue a lista abaixo:

01/08

‘20 Anos + Jovem’
‘A Princesa de Montpensier’
‘À Procura da Vingança’
‘A Salvação’
‘Apenas um Show’
‘Batman – A Máscara do Fantasma’
‘Caçadores de Emoção’
‘Caçadores de Recompensa’
‘Conflitos e Reencontros’
‘Corações de Ferro’
‘Effie Gray – Uma Paixão Reprimida’
‘Elefante Blanco’
‘Enchanted Kingdom’
‘Esperar Para Sempre’
‘Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo’
‘Fruitvale Station’
‘Funny or Die Apresenta: Donald Trump e a Arte dos Negócios’
‘Go for Sisters’
‘Harlock: Space Pirate’
‘Idas e Vindas do Amor’
‘Jogada de Sorte’
‘Kaijudô – A Origem dos Mestres do Duelo’

‘Killjoys’
‘Mariachi Gringo’
‘Mushi-Shi’
‘Nunca Diga Seu Nome’
‘O Casamento do Ano’
‘Ó Paí, Ó’
‘O Poder e a Lei’
‘Odd Thomas’
‘One Life’
‘Perdido Na Armênia’
‘Playful Kiss’
‘Quebra de Conduta’
‘Reza a Lenda’
‘Riddick’
‘Sangue no Gelo’
‘Side Effects: Uma Viagem Musical’
‘The Bridge’
‘The Comedians of Comedy: The Movie’
‘The Daughter of Dawn’
‘The Killing’
‘The Search for Freedom’
‘Um Amor de Vizinha’
‘Unidas Pela Vida’
‘Zach Galifianakis: Live at the Purple Onion’

02/08

‘As Grandes Férias Grandes’
‘Grendel’
‘Laranjas e Sol’
‘Minha Amada Imortal’
‘Morte Súbita’

03/08

‘Impostores’

04/08

‘WonderBalls’

05/08

‘Consequência Mortal’

07/08

‘I Am. Shimon Peres’

08/08

‘Especiais temáticos da turma da Mônica’
‘Juntos Pelo Acaso’
‘Neve Pra Cachorro’
‘Porque é Novembro’

09/08

‘Aeroporto 77’
‘Baires’
‘Coração de Leão – O Amor Não Tem Tamanho’
‘Tokio’
‘T-Rex’

10/08

‘Shaolin Girl’

11/08

‘Gabriel Iglesias Presents Rick Gutierrez: I’m Not Mad, I’m Just a Parent
‘Gabriel Iglesias Presents The Gentleman Jerry Rocha’
‘Gabriel Iglesias: Aloha Fluffy’
‘Gabriel Iglesias: Hot and Fluffy’
‘Gabriel Iglesias: I’m Not Fat… I’m Fluffy’

Por: Vitor Arouca

 

Top 5 de Filmes sobre Copa do Mundo

Top 5 de Filmes sobre Copa do Mundo

Começou a Copa do Mundo da Rússia, um evento esportivo que deixa a todos mobilizados. Ela teve início dia 14 de junho e a grande final será dia 15 de julho, no estádio Lujniki, em Moscou.

Faremos um Top 5 de filmes para serem assistidos durante a Copa do Mundo.

 

5- Fuga para a vitória

De 1981, o filme, ambientado durante a II Guerra Mundial, conta a história do major Karl von Steiner, ex-jogador da seleção da Alemanha, que decide promover um jogo entre um time de prisioneiros de guerra e uma equipe alemã. Apesar da partida ter como intuito impulsionar o Terceiro Reich, o jogo acaba servindo como oportunidade de fuga para os prisioneiros.

 

 

 

4- Boleiros – Era uma vez o futebol

“Boleiros – Era uma vez o futebol” retrata o cotidiano de ex-jogadores de futebol que se reunem para relembrar suas histórias como profissionais. Na trama, ambientada em um típico bar paulistano, os “boleiros” compartilham suas conquistas e curiosidades no esporte.

 

 

3- Todos os Corações do Mundo

“Todos os Corações do Mundo” é um documentário oficial da FIFA que fala sobre a Copa do Mundo de 1994, sediada nos Estados Unidos. O filme fala sobre os jogadores da época, os juizes, os fãs do esporte e, claro, sobre a final entre Brasil e Itália que rendeu o título de tetracampeã para a seleção brasileira.

 

2- Pelé Eterno

Dirigido por Anibal Massaini Neto, “Pelé Eterno” é um documentário brasileiro sobre a biografia de um dos maiores jogadores da história do futebol, Pelé. No filme, o espectador tem acesso aos principais acontecimentos da carreira, aos gols e aos jogos do “rei”. Além disso, ex-jogadores e amigos têm participação fundamental no documentário, contribuindo com depoimentos sobre Edson Arantes do Nascimento.

 

 

1- Heleno

Estrelado por Rodrigo Santoro, “Heleno” narra a história do jogador Heleno de Freitas, galã e um dos principais atletas do Botafogo na década de 1940. Apesar do sucesso, os comportamentos polêmicos e a sífilis transformaram a vida de Heleno em um drama que acabou com o seu sonho de ser o melhor jogador do mundo.

 

 

Por Anna Barros

 

Três filmes dinamarqueses inéditos estreiam no Streaming

Três filmes dinamarqueses inéditos estreiam no Streaming

Ao longo do mês de abril, três novidades de diferentes gêneros do cinema dinamarquês chegam ao streaming. Os longas “VOCÊ DESAPARECEU” e “PLANO QUASE PERFEITO” são as estreias do dia 12 de abril. Já no dia 26, é a vez do suspense “GUERREIRO DA ESCURIDÃO”, de Fenar Ahmad.  
Escolhido para representar o país no Oscar 2018 e selecionado para o Festival de Toronto, o drama “VOCÊ DESAPARECEU”, de Peter Schønau Fog, narra a reviravolta que a vida de Mia (Trine Dyrhol) sofre quando seu marido (Nikolaj Lie Kaas) é acusado de desvio de fundos da escola em que dirige. Diagnosticado com um tumor cerebral, sua defesa é que a doença pode ter alterado o seu comportamento e que ele não é responsável pelos seus atos.  A partir das dúvidas e da ansiedade contidas no longa, surge uma série de questionamentos sobre a existência humana e livre arbítrio.

 

A comédia fica por conta de “PLANO QUASE PERFEITO”, de Ole Bordenal. O longa-metragem conta a história de dois amigos, cujos casamentos estão em crise, que querem se separar, mas não conseguem, porque o divórcio é caro. Bêbados, eles têm a ideia de contratar um assassino russo para matar as respectivas mulheres. Só que o que os maridos não contavam é que as esposas também tinham um plano “diabólico” contra os maridos.

 

No thriller “GUERREIRO DA ESCURIDÃO”, de Fenar Ahmad, Zaid (Dar Salim) terá que tomar uma grande decisão. Determinado a vingar a morte de seu irmão e desiludido com a polícia, o cirurgião bem-sucedido transforma-se em um guerreiro mascarado. Porém, também terá que lidar com as consequências que virão para ele e para sua família. Zaid terá que resolver até que ponto o preço da vingança vale a pena.

 

Serviço
Você Desapareceu e Plano Quase Perfeito
Disponível a partir do dia 12 de abril

Itunes: R$ 7,90

Now: R$ 9,90

Google / Youtube: R$ 9,90

Guerreiro da Escuridão
Disponível a
partir do dia 26 de abril

Itunes: R$ 7,90

Now: R$ 9,90

Google / Youtube: R$ 9,90

Dez Dicas de Filmes para o Festival do Rio

Dez Dicas de Filmes para o Festival do Rio

1-  Roda Gigante(Encerramento)

Novo filme de Woody Allen com Justin Timberlake e Kate Winslet. Nenhuma lista de filmes deve ficar sem uma obra-prima de Allen. Woody volta a sua querida Nova York dos anos 50.

 

2- Gabriel e a Montanha(Premiere Brasil)

O filme brasileiro mostra a determinação de um jovem e até onde pode-se chegar para se realizar um sonho. O filme foi premiado na Semana da Crítica do Festival de Cannes de 2017.

 

3- As Entrevistas de Putin( Panorama)

Mais um gol de placa de Oliver Stone. Narra em forma de documentário o perfil mais contundente do ditador Russo no Ocidente. Entrevistas realizadas no período de dois anos onde tudo foi perguntado e respondido.

 

4-  120 minutos por minuto(Panorama)

No início dos anos 90, quando a comunidade gay se juntou para lutar contra o estado, a indústria farmacêutica e a indiferença da sociedade, Nathan vive um grande amor. Vencedor do prêmio do Júri e da Crítica do Festival de Cannes.

 

5- Pequena Grande Vida(Panorama)

Novo filme de Alexander Payne, o mesmo de Eleição e Sideways, Primeira experiência de Payne no terreno da ficção científica.

 

6- Hannah(Foco Itália)

Excelente atriz, Charlotte Rampard foi premiada no Festival de Cannes pela atuação nesse filme de Andrea Pallaoro. Ela interpreta uma personagem de gestos refinados que se divide entre os serviços domésticos para uma família rica e um grupo de teatro.

 

7- Memórias do Subdesenvolvimeto (Clásssicos e Cults)

Uma oportunidade de ver um filme de 68 com cópia restaurada em que Gutierrez Alea conjuga a realidade de Cuba no começo dos anos 60.

 

8-Me Chame pelo Seu Nome(Panorama)

A descoberta do amor de um adolescente durante um verão do anos 80, capaz de sensibilizar todos os tipos de plateias em prol da causa da diversidade. Respeitar é preciso!

 

9- Artista do Desastre(Panorama)

O Ator James Franco mostra mais uma vez sua faceta de diretor provocador por seus filmes fora do circuito maisntream.

 

10- Cinquenta Primaveras(Expectativa)

Agnes Jaoud interpreta uma mulher de 50 anos em crise pessoal, profissional e afetiva.

 

 

 

 

Filmes Cubanos na Caixa Cultural do Rio de Janeiro

Filmes Cubanos na Caixa Cultural do Rio de Janeiro

 

Brasil-Cuba

Os últimos 15 anos da produção cinematográfica em Cuba chega à CAIXA Cultural Rio de Janeiro na mostra Por dentro da Ilha — Cinema em Cuba nos anos 2000, que acontece de 1º a 13 de agosto de 2017.

Programação:  01 de agosto (terça-feira)

19h – Veneza (2013), de Kiki Álvares, 74 min, Digital, 14 anos.
02 de agosto (quarta-feira)
17h10 – Sessão Curtas Documentários.
Abecé (2013), de Diana Montero, 15 min, Digital, Livre.
La carga (2015), de Víctor Alexis Guerrero Stoliar, 24 min, Digital, Livre.
Nos quedamos (2009), de Armando Capó, 14 min, Digital, Livre.
O inimigo (2015), de Aldemar Matias, 26 min, Digital, Livre.
19h – La obra del siglo (2015), de Carlos Quintela, 100 min, Digital, 16 anos.
03 de agosto (quinta-feira)
17h10 – Hotel Nueva Isla (2014), de Irene Gutiérrez, 71 min, Digital, Livre.
19h10 – Sessão Marcel Beltrán.
Cuerda al Aire (2011), de Marcel Beltrán, Digital, Livre.
Digna Guerra (2013), de Marcel Beltrán, Digital, Livre.
04 de agosto (sexta-feira)
16h30 – Memorias del desarrollo (2010), de Miguel Coyula, 113 min, Digital, 16 anos.
19h10 – Debate Em épocas de mudanças, o que falar sobre o cinema cubano?, com a presença dos cineastas Iana Cossoy Paro e Víctor Alexis Guerrero Stoliar e mediação do crítico de cinema Aristeu Araújo.
05 de agosto (sábado)
15h40 – Sessão Homenagem a Nicolás Guillén Landrián
Coffea Arabiga (1968), de Nicolás Guillén Landrián, 18 min, Digital, Livre.
Los del baile (1965), de Nicolás Guillén Landrián, 6 min, Digital, Livre.
Cafe con Leche (2003), Manuel Zayas, 28 min, Digital, Livre.
17h – Soy Cuba, o Mamute Siberiano (2005), de Vicente Ferráz, 90 min, Digital, 10 anos.
19h10 – Juan de Los Muertos (2012), de Alejandro Brugés, 92 min, Digital, 12 anos.
06 de agosto (domingo)
14h30 – La piscina (2011), de Carlos Quintela, 65 min, Digital, Livre.
16h – Sessão Curtas Ficções/Híbridos.
Los Anfitriones (2011), de Miguel Ángel Moulet, 16 min, Digital, 12 anos.
Polski (2015), de Rubén R. Cuauhtemoc, 20 min, Digital, Livre.
Sirenas (2015), de Maryulis Alfonso, 20 min, Digital, Livre.
Los Minutos, Las Horas (2009), de Janaína Marqués, 11 min, Digital, Livre.
La llamada (2014), de Gustavo Vinagre, 19 min, Digital, Livre.
18h – Jirafas (2013), de Kiki Álvarez, 90 minDigital, 16 anos.
08 de agosto (terça-feira)
17h – Sessão Curtas Ficções/Híbridos
Los Anfitriones (2011), de Miguel Ángel Moulet, 16 min, Digital, 12 anos.
Polski (2015), de Rubén R. Cuauhtemoc, 20 min, Digital, Livre.
Sirenas (2015), de Maryulis Alfonso, 20 min, Digital, Livre.
Los Minutos, Las Horas (2009), de Janaína Marqués, 11 min, Digital, Livre.
La llamada (2014), de Gustavo Vinagre, 19 min, Digital, Livre.
19h – Hotel Nueva Isla (2014), de Irene Gutiérrez, 71 min, Digital, Livre.
09 de agosto (quarta-feira)
17h – Soy Cuba, o Mamute Siberiano (2005), de Vicente Ferráz, 90 min, Digital, 10 anos.
19h – Memorias del desarrollo (2010), de Miguel Coyula, 113 min, Digital, 16 anos.
10 de agosto (quinta-feira)
17h – Juan de Los Muertos (2012), de Alejandro Brugés, 92 min, Digital, 12 anos
19h10 – La piscina (2011), de Carlos Quintela, 65 min, Digital, Livre
11 de agosto (sexta-feira)
17h – Jirafas (2013), de Kiki Álvarez, 90 minDigital, 16 anos.
19h10– Sessão Homenagem a Nicolás Guillén Landrián.
Coffea Arabiga (1968), de Nicolás Guillén Landrián, 18 min, Digital, Livre.
Los del baile (1965), de Nicolás Guillén Landrián, 6 min, Digital, Livre.
Cafe con Leche (2003), Manuel Zayas, 28 min, Digital, Livre.
12 de agosto (sábado)
15h10 – Sessão Curtas Documentários
Abecé (2013), de Diana Montero, 15 min, Digital, Livre;
La carga (2015), de Víctor Alexis Guerrero Stoliar, 24 min, Digital, Livre.
Nos quedamos (2009), de Armando Capó, 14 min, Digital, Livre.
O inimigo (2015), de Aldemar Matias, 26 min, Digital, Livre.
17h – Sessão Marcel Beltrán.
Cuerda al Aire (2011), de Marcel Beltrán, 33 min, Digital, Livre.
Digna Guerra (2013), de Marcel Beltrán, 57 min, Digital, Livre.
19h10 – Palestra A experiência de filmar por dentro da Ilha, com curadora da mostra Denise Kelm.
 
13 de agosto (domingo)
16h15 – Veneza (2013), de Kiki Álvares, 74 min, Digital, 14 anos.
18h – La obra del siglo (2015), de Carlos Quintela, 100 min, Digital, 16 anos.
 
Serviço:
Por dentro da Ilha — Cinema em Cuba nos anos 2000
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Data: de 1º a 13 de agosto de 2017
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Clientes CAIXA pagam meia.
Lotação: 78 lugares (mais 3 para cadeirantes)
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Por: Vitor Arouca
O Filme da Minha Vida/Anna Barros

O Filme da Minha Vida/Anna Barros

Selton Mello está postando no seu Instagram para divulgar sua nova película: O Filme Da Minha Vida e perguntando às pessoas qual é o filme da sua vida. O meu, por um longo e tenebroso inverno foi Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças. Filme-cabeça de Michel Gondry que fala de relacionamentos que queremos esquecer! E no filme, os protagonistas procuram especialistas que fazem isso de forma profissional, mexendo no cérebro através de reprogramação. É um filme profundo e questionador, tendo Jim Carey no papel principal.

Só que agora, um filme superou esse para mim: Como Eu Era Antes de Você. Mesmo tendo como pano de fundo a eutanásia, que eu sou inteiramente contra, o filme toca muito. Inspirado no livro de Jojo Moyes, que eu também li depois de ver, ele fala de um relacionamento improvável onde a cuidadora fica amiga do paciente tetraplégico e eles acabam de apaixonando. Só que não é um filme de amor, é um filme que fala da amizade, porque a convivência com ele transforma totalmente a vida dela, que sempre ficou à mercê dos outros, se anulando, e após conhecê-lo, acaba  sendo dona da própria vida, se sentindo capaz de realizar todos os seus sonhos, mesmo achando que a família não aposta muito nela, a achando inteiramente limitada. É um filme reflexivo. Que a gente não se cansa de ver e rever. E cada vez, obtém-se uma perspectiva nova do relacionamento deles, do dela com os pais, do dele com os seus, de como o passado o afeta e principalmente de como Will incentiva Louisa a aproveitar a vida, a sugar tudo que ela é capaz de ter.

O final é triste e surpreendente porque ele não vê pleno em sua vida e acaba abdicando do amor que tem por ela para desistir de tudo. Quem assiste ao filme não tem como não se debulhar em lágrimas e mais lágrimas.

É um filme simplesmente maravilhoso, até aqui O Filme da Minha Vida.

Se não viu, corra para ver. Passa toda hora no Telecine!

Anna Barros

 

 

Segunda gratuita no Espaço Itaú

Segunda gratuita no Espaço Itaú

O Espaço Itaú de Cinema vai realizar nesta segunda (06/03) uma super promoção de ingressos grátis em todas as suas franquias. Para conseguir os ingressos é preciso entrar no site (ingresso.com), com limite de dois bilhetes por pessoa.

A promoção vale pro Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador, Porto Alegre e Curitiba.

Os filmes disponíveis variam de acordam com os Estados. Mas é claro que os ganhadores do Oscar estão em cartaz, Moonlight: Sob a Luz do Luar”e “La La Land: Cantando Estações.”

download-16