‘Tudo e Todas as Coisas’ ganha novo vídeo

‘Tudo e Todas as Coisas’ ganha novo vídeo

A Warner Bros. Pictures divulga novo vídeo de Tudo e Todas as Coisas, drama romântico baseado no best-seller escrito por Nicola Yoon. No material, a autora do livro conta de onde surgiu sua inspiração para a história que deu origem ao filme Tudo e Todas as Coisas, que estreia amanhã, 15/6, nos cinemas brasileiros.

Além de cenas inéditas de Maddy (Amandla Stenberg) e Olly (Nick Robinson), também é possível ver os atores que os interpretam falando sobre o desafio de contar nas telonas o romance que fez sucesso com leitores de todo o mundo.

Link para vídeo: https://we.tl/Z08sTWtzK5

Sobre o filme

O drama romântico Tudo e Todas as Coisas, baseado no best-seller escrito por Nicola Yoon e ainda sem título em português, chega às telas com direção de Stella Meghie, uma realização da Warner Bros. Pictures em parceria com a Metro-Goldwyn-Mayer Pictures.

E se você não pudesse tocar absolutamente em nada do mundo? E se não pudesse respirar ar fresco, sentir o sol quente em seu rosto… ou beijar seu vizinho? Tudo e Todas as Coisas narra a improvável história de amor de Maddy, uma garota de 18 anos, inteligente, curiosa e cheia de imaginação, vítima de uma doença raríssima que a impede de abandonar a proteção do ambiente hermeticamente fechado no qual vive dentro de sua casa, e Olly, o vizinho da casa ao lado que não está disposto a deixar que a condição de Maddy os afaste um do outro.

Maddy está desesperada para experimentar o desejado e estimulante mundo além das paredes de seu quarto – e a promessa de seu primeiro amor. Os olhares trocados apenas pelo vidro das janelas e as conversas por textos criaram um profundo laço entre Maddy e Olly, que os leva a arriscar tudo para ficarem juntos… ainda que eles possam perder absolutamente tudo.

Tudo e Todas as Coisas é estrelado por Amandla Stenberg (“Jogos Vorazes”), como Maddy, e Nick Robinson (“Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros”), como Olly. Também estão no elenco Ana de la Reguera (“Sun Belt Express”) e Anika Noni Rose (“Dreamgirls: Em Busca de um Sonho”).

A diretora Stella Meghie dirige o emocionante drama romântico a partir do roteiro adaptado por J. Mills Goodloe (“A Incrível História de Adaline”). Leslie Morgenstein e Elysa Dutton assinam a produção pela Alloy Entertainment; a Alloy também é responsável pelas populare séries de TV “Gossip Girl”, “Pretty Little Liars” e “The Vampire Diaries”. Victor Ho é o produtor executivo.

A talentosa equipe de criação conta com a direção de fotografia de Igor Jadue-Lillo (“Minhas Mães e Meu Pai”); a desenhista de produção Charisse Cardenas (“Sniper Americano”); a editora Nancy Richardson (“Divergente”, “A Série Divergente: Insurgente”); e a figurinista Avery Plewes (“Jean of the Joneses”). A trilha sonora é composta por Ludwig Göransson (“Um Espião e Meio”, “Creed – Nascido Para Lutar”).

Uma produção da Alloy Entertainment, Tudo e Todas as Coisas estreia no Brasil em 15 de junho, com distribuição internacional da Warner Bros. Pictures, empresa da Warner Bros. Entertainment Company, e em territórios selecionados pela Metro-Goldwyn-Mayer Pictures.

Anúncios
Poltrona Cabine: Tudo e Todas as Coisas/ Cesar Augusto Mota

Poltrona Cabine: Tudo e Todas as Coisas/ Cesar Augusto Mota

Diz o provérbio escocês: “Aproveite bem a vida enquanto estiver vivo, pois você estará morto por muito tempo”. Esse pensamento ilustra muito bem o que acontece em ‘Tudo e todas as coisas’, novo filme da Warner Bros. baseado no best-seller escrito por Nicola Yoon e que vai fazer você enxergar a vida com outros olhos.

A história acompanha a vida de Maddy (Amanda Stenberg), uma jovem de 18 anos portadora de uma doença rara e que vive numa casa hermeticamente fechada. Ela não pode sair de seu lar para não sofrer maiores complicações, até mesmo a morte, e para passar o tempo ela lê livros, vê vídeos de gatos na Internet e faz aulas online de arquitetura. Maddy é uma garota criativa, sonhadora e com esperanças de que um dia conseguirá ter uma vida no mundo exterior, apesar da supervisão médica e da superproteção da mãe, Pauline (Anika Noni Rose).

Tudo começa a mudar quando uma nova família se muda para a casa ao lado de Maddy e o jovem Olly (Nick Robinson), ao olhar para a jovem pela janela, começa a se interessar e se encantar com ela. Uma paixão que parecia ser improvável surge, mas como poderia dar certo se ambos não poderiam se tocar? A partir desse dilema nos deparamos com uma história dotada de leveza, drama, angústia e o desespero de Maddy em querer ter sua paixão correspondida e uma vida além de quatro paredes.

O roteiro traz uma história comovente, com uma protagonista se sentindo mais entediada do que doente, um olhar atônito de Maddy em relação ao mundo em que vive e a perspectiva de estar em um novo ambiente, além de mistérios em relação a Olly. Não se sabe muito sobre sua vida, apenas que tem olhar soturno e apreciador de roupas escuras, mas seu perfil misterioso e seu carisma foram suficientes para conquistar Maddy. Para a jovem, ela ainda não teve uma vida e sequer tem certeza se está doente, e o desejo de querer sair de casa irá consumi-la ainda mais. Maddy está disposta a correr todos os riscos, arriscar-se, novas experiências, não dá para não fazer nada ou se ter medo o tempo todo, não é mesmo? Mas o último ato da história é um pouco prejudicado por conta da aceleração, dá a impressão que o desfecho foi feito às pressas.

A direção de arte e a fotografia são formidáveis, somos presenteados com cenas criativas, como a de personagens presentes nas maquetes de Maddy ampliados e interagindo no mesmo ambiente que esta e Olly, além da personificação da garota em um outro personagem, ilustrando o que ela realmente sentia, uma passageira que precisava desfrutar o máximo da vida, mesmo que se colocasse em risco.

Apesar dos altos e baixos, ‘Tudo e Todas as Coisas’ cumpre bem seu papel, de nos mostrar que a vida deve ser aproveitada a cada segundo e que podemos e devemos fazer a diferença, se quisermos viver coisas novas e inesquecíveis. Vale o ingresso.

Não perca, a estreia do filme no circuito brasileiro está marcada para 15 de junho, vá se preparando.

 

 

Por: Cesar Augusto Mota