Poltrona Alternativa #Especial Halloween : O Sono da Morte

Poltrona Alternativa #Especial Halloween : O Sono da Morte

beforeiwakeposterEntão é isso… teremos este mês grandes dicas de filmes de terror para abrilhantar o mês do Halloween.

Em 7 de setembro de 2013 foi anunciado que Mike Flanagan diretor de Oculus havia sido escalado para dirigir um filme de terror chamado “Somnia” além da direção ele também assumiria o roteiro em parceria com Jeff Howard para a Intrepid Pictures. Focus Features International inicialmente foi responsável para comercializar o filme internacionalmente. Em 7 de novembro de 2013 foi anunciado que  a empresa Sierra definitivamente se tornou detentora dos direitos do filme para comercializá-lo mundialmente, direitos que anteriormente pertenciam a FFI. Em 4 de abril de 2014, Relativity Media adquiriu os direitos para distribuir o filme nos Estados Unidos. Em março de 2015, o título do filme foi mudado para Before I Wake.

Jessie (Kate Bosworth) e Mark (Thomas Jane) Hobson adotam uma criança chamada Cody (Jacob Tremblay) após a morte de seu filho Sean. Algum tempo depois eles descobrem que os sonhos de Cody podem se tornar realidade, mas seus pesadelos são mortais. Jessie e Mark então devem descobrir o que fazer antes um de seus pesadelos acabar lhe matando.

Festival do Rio 2016: “A Chegada”, de cineasta canadense, será o filme de abertura

Festival do Rio 2016: “A Chegada”, de cineasta canadense, será o filme de abertura

amy-adams-a-chegadaFim do mistério: foi revelado o longa-metragem que vai abrir a 18ª edição do Festival do Rio, na próxima quinta-feira (06), às 20h30, na Cidade das Artes. Trata-se de “A Chegada” (Arrival), do consagrado cineasta canadense Denis Villeneuve (o mesmo de “Sicario” e “Incêncios”).

O filme terá exibição única e pela primeira vez a noite de abertura contará com a participação do público, com 200 ingressos à venda. A Cidade das Artes fica na Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca. Ingressos para a abertura do Festival do Rio: R$50,00 (inteira) / R$25,00 (meia).

A narrativa traz um planeta invadido por misteriosas naves espaciais. Uma equipe de elite – liderada pela linguista Louise Banks (Amy Adams) – é reunida para investigar. Enquanto a humanidade hesita à beira de uma guerra mundial, Banks e sua equipe correm contra o tempo em busca de respostas – e para encontrá-las, ela terá de se arriscar pondo em perigo a própria vida e, muito possivelmente, a do resto da humanidade.

“A Chegada” também conta no elenco com as participações de Jeremy Renner, Forest Whitaker, Michael Stuhlbarg e Mark O’Brien. A produção foi exibida nos festivais de Veneza e Toronto e a estreia comercial no Brasil está prevista para 9 de fevereiro de 2017.

Por: Cesar Augusto Mota

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 2

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 2

7407_grande.jpg

Gênios do Crime: Comédia de Jared Hess.

Sinopse: A história gira em torno de Dave Ghantt, um guarda noturno de uma companhia de carros blindados no sul dos Estados Unidos que organiza um dos mais ousados assaltos a banco da história norte-americana. Mesmo sem ter experiência e contando com a ajuda dos colegas mais atrapalhados, ele consegue roubar 17 milhões de dólares. Baseado em uma história real.

 

demoniodeneon_1.jpgDemônio de Neon: Terror de Nicolas Winding Refn.

Sinopse: Jesse é uma jovem de 18 anos que acaba de chegar a Los Angeles. Dona de uma beleza natural impressionante, ela tenta a sorte como modelo profissional. Após tirar algumas fotos mórbidas para um jovem fotógrafo, é contratada por uma conceituada agência de modelos. Bastante ingênua, ela passa a lidar com o ego sempre inflado das demais modelos e também com a maquiadora Ruby , que possui intenções ocultas com a jovem.

 

160143-jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxxUm Homem Só: Filme brasileiro dramático com direção de Cláudia Jouvin. Elenco: Ingrid Guimarães, Vladimir Brichta, Mariana Ximenes.

Sinopse: Arnaldo é um homem que esta infeliz no casamento e no trabalho. Para tentar resolver seus problemas, ele procura uma clínica que promete copiar as pessoas para livrá-las da vida miserável que levam. Com um clone ocupando seu lugar ele poderia começar uma vida nova, mas seu pedido é negado. Assim, Arnaldo se vê obrigado a mudar sua história por conta própria.

 

2249_capa

 

O Vale do Amor: Drama de Guillaume Nicloux.

Sinopse: Isabelle e Gerard perderam seu filho seis meses atrás. Antes de morrer, ele deixa uma carta aos pais pedindo que vão ao seu encontro no “Vale da Morte”, na Califórnia. Apesar do absurdo da situação, eles decidem cumprir o último desejo do filho.

Por: Vitor Arouca

 

Estreias da Semana/ Poltrona Estreia/ Parte 1

Estreias da Semana/ Poltrona Estreia/ Parte 1

bebedebridgetjones_2

O Bebê de Bridget Jones: Comédia de Sharon Maguire. Terceiro filme da série.

Sinopse: Depois de tantas idas e vindas, Bridget Jones e Mark finalmente se casam. Não demora muito para que a vida pregue mais uma peça neles e eles acabam se separando. Em crise no trabalho, tentando manter uma boa relação com o ex e engatando um novo romance, Bridget tem uma surpreendente revelação: está grávida – e não tem certeza de quem é o pai da criança.

 

2227_capa.jpg

 

O Lar das Crianças Peculiares:  Aventura e comédia de Tim Burton.

Sinopse: Após uma tragédia familiar, Jake vai parar em uma ilha isolada no País de Gales buscando informações sobre o passado de seu avô. Investigando as ruínas do orfanato “Miss Peregrine?s Home for Peculiar Children”, ele encontra um fantástico abrigo para crianças com poderes sobrenaturais e decide fazer de tudo para proteger o grupo de órfãos dos terríveis hollows.

2187_capa
Meu Amigo, o Dragão: Aventura de David Lowery.
Sinopse: Órfão, o pequeno Pete  cansa de ser abusado pelos pais adotivos e foge de casa. Ele passa a viver numa densa floresta ao lado do amigo Elliot, um gigante dragão que desperta a curiosidade de moradores da região.
Por: Vitor Arouca
Poltrona Cabine: O Lar das Crianças Peculiares/Cesar Augusto Mota

Poltrona Cabine: O Lar das Crianças Peculiares/Cesar Augusto Mota

12794933_10153990535708633_7541704689111919124_o-1Uma história inicialmente sombria, mas com cenários deslumbrantes e revestida de aventura e fantasia, assim é “O Lar das Crianças Peculiares”, de Tim Burton, adaptado do livro “O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares,” escrito por Ransom Riggs. O longa estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (29) e com a expectativa de alcançar o mesmo sucesso obtido pela obra infanto-juvenil.

A narrativa começa com uma tragédia na vida de Jacob Portman (Asa Butterfield), que encontra seu avô Abe (Terence Stamp) desfalecido na floresta e sem os olhos, fruto de um ataque feito por um misterioso monstro. Disposto a descobrir mais sobre o passado do avô, Jake viaja para o País de Gales e lá descobre em meio a uma ilha um orfanato comandado pela senhorita Peregrine (Eva Green), que tem a missão de proteger crianças que possuem dons especiais.

Um garoto capaz de dar vida a objetos inanimados, um menino invisível, uma menina com super força, outra com a habilidade de incinerar objetos com simples toques entre outros, todos precisam ser protegidos dos etéreos, criaturas que precisam se alimentar dos olhos dos peculiares para readquirirem a forma humana.

Se a história começa bastante tímida e  num ritmo lento, ela vai se tornando emocionante na medida em que Jake vai interagindo com todas as crianças e aos poucos descobrindo sobre todos os perigos que rondam o orfanato. Após descobrir que também possui dotes especiais, Jake se torna peça chave para o desenrolar da história e precisa unir forças com as outras crianças para evitar que caiam nas garras do terrível Barron (Samuel L. Jackson), disposto a aniquilar todos os peculiares, devorar todos os olhos possíveis e alcançar a imortalidade.

Os pontos altos do filme são o show de efeitos visuais aliados com a rápida transição para outros ambientes, além dos cenários de tirar o fôlego e com aparências próximas dos fatos que abalaram a década de 1940, como os bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial. Uma verdadeira adrenalina toma conta do espectador, que vai se envolver cada vez mais com os personagens e viajar por diversos cenários, classificados como fendas, ambientes que se abrem em outras dimensões e que evitam a morte prematura de quem tem habilidades especiais.

Já o que pesa contra o filme foi a tentativa forçada de se criar um romance entre Jake e Emma (Ella Purnell), a garota que usa sapatos de chumbo para não flutuar e que possui o ar como habilidade, podendo usá-lo para o que quiser. Por conta do ritmo frenético, do conjunto de ações dos personagens e das constantes lutas com criaturas grotescas, não há clima para cenas românticas, além do excesso de humor usado por Barron, o que o atrapalha um pouco na trama e o faz perder a mão em alguns momentos.

Se “O Lar das Crianças Peculiares” peca em alguns pontos, ele acerta em outros, e quem gosta de uma história recheada de aventuras, emoções, cenas dinâmicas e um roteiro que explore o mundo fantasioso em conexão com a realidade, esse é o filme certo. Um prato cheio, que conta com a assinatura de Tim Burton, apontado como um dos melhores cineastas da atualidade.

Esportes na Poltrona/ As Crônicas de Riascos/ Vitor Arouca

Esportes na Poltrona/ As Crônicas de Riascos/ Vitor Arouca

as-cronicas-de-riascosO Cinefoot ( Festival de Cinema de Futebol) ocorreu no Espaço Itaú em Botafogo, Rio de Janeiro do dia 19/05 até 24/05. O festival contou com diversos longas e curtas sobre o futebol nacional e internacional.

O filme de destaque de hoje é sobre a classificação heroica do Atlético Mineiro para a semifinal da Taça Libertadores da América em 2013, ano em que o time foi o campeão.

31 de maio de 2013, 47 minutos do segundo tempo o time mineiro cometeu um penâlti e viu sua classificação para próxima fase quase indo embora. O jogo estava 1 x 1 e o resultado colocava o galo na fase seguinte da competição. Riascos do Tijuana (México) pega a bola para cobrança. Bate no meio do gol e o goleiro, Victor, do Atlético cai para o lado direito e com o pé esquerdo dá a classificação para o clube mineiro explodindo o estádio de alegria.

O filme conta a história de diversos torcedores atleticanos até o momento da defesa milagrosa do Victor. Depois desse feito os mineiros deram o apelido de “São Victor” para o goleiro.

Por: Vitor Arouca

Renee Zellweger ama as cenas de briga de O bebê de Bridget Jones

Renee Zellweger ama as cenas de briga de O bebê de Bridget Jones

bebe-de-bridgetA personagem britânica mais atrapalhada do cinema está de volta para o terceiro filme da série – “O Bebê de Bridget Jones” (Bridget Jones’s Baby) -, que estreia em 29 de setembro. Para comemorar, a atriz Renée Zellweger relembra em vídeo inédito uma de suas cenas favoritas da trilogia. Clique aqui para assistir.

“Amo as cenas de briga entre os rapazes nos dois filmes”, conta Renée, sem conseguir conter o riso. Colin Firth – que volta a interpretar o advogado Mark Darcy – concorda e aproveita para contar seu lado da história: “Nada é coreografado. Fomos com tudo… Foi um vale-tudo. E doloroso”, explica o ator, que na cena contracenou com Hugh Grant.
Dirigida por Sharon Maguire, que também assina a direção do primeiro filme da franquia, a comédia apresenta uma nova fase na vida da conturbada jornalista. Cercada de amigos e pronta para ser feliz para sempre, ela segue confiante já que sua vida está dando sinais de melhora: agora ela é produtora do noticiário em que trabalhava e se orgulha por ter uma boa relação com seu ex-namorado, o advogado Mark Darcy. Quando tudo parece estar às mil maravilhas, ela descobre que, aos 40 anos, está esperando seu primeiro filho.

Com participação de Patrick Dempsey, Emma Thompson e Ed Sheeran, a produção conta com distribuição da Universal Pictures