10 Motivos para não perder a CCXP 2016 por NADA

10 Motivos para não perder a CCXP 2016 por NADA

Começa nesta quinta-feira a terceira edição da Comic Con Experience (CCXP), maior feira dedicada à cultura pop da América Latina. Mas o que isso significa?

A CCXP é inspirada nas Comic Cons internacionais, eventos que acontecem anualmente em diversas cidades (sendo as mais tradicionais em San Diego e Nova York) e que reúnem novidades nos mercados de cinema, TV, quadrinhose games. Nessas feiras, são apresentados ao público os principais lançamentos do ano de forma interativa, em stands organizados por estúdios ou em painéis onde acontecem palestras, debates e exibições exclusivas. O evento também funciona como uma vitrine para novos artistas mostrarem seu trabalho e pode abrigar campeonatos de games, cosplay e outras atividades realizadas por fãs.

Em 2016, a CCXP ocupará cerca de 100 mil metros quadrados da São Paulo Expo (antigo Centro de Convenções Imigrantes) entre os dias 1 e 4 de dezembro, onde terá stands de marcas como Disney, Fox, Warner, HBO, Netflix e outros gigantes do entretenimento, além de um time de convidados de cair o queixo.

Confira 10 motivos para não perder a Comic Con Experience 2016:

convidados-ccxp

Milla Jovovich, Vin Diesel, Neil Patrick Harris, Natalie Dormer, Evanna Lynch e Frank Miller estão entre os convidados internacionais que participarão de palestras, bate-papos e sessões de autógrafos com os fãs durante a Comic Con Experience 2016. A lista ainda inclui o elenco das séries “Sense8”, “3%” e  “ShadowHunters”, os jovens atores do novo filme dos “Power Rangers”, diretores de “Guardiões da Galáxia Vol.2” e “Moana” e muitos outros artistas.

Pré-estreias

Todos os anos, a CCXP prepara uma pré-estreia exclusiva de algum filme e/ou série para ser exibida durante a programação. Em 2015, por exemplo, o público teve a chance de assistir em primeira mão ao longa “Creed – Nascido Para Lutar” e à série “Ridiculous Six”, original da Netflix. A programação de 2016 ainda não foi divulgada.

cosplay

Um dos charmes das Comic Cons é a presença massiva de cosplayers, que são fãs que se vestem como os personagens de cinema, quadrinhos, TV ou games e agem como eles durante o evento. Além de passearem pelos corredores livremente, os cosplayers também terão um camarim exclusivo e poderão participar de um concurso patrocinado pelo canal SyFy.

Artists’ Alley

Outra atração tradicional da CCXP é o Artists’ Alley, uma área onde são montados corredores com mesas onde artistas (escritores, ilustradores e quadrinistas) podem exibir e vender seus trabalhos, além de conversar diretamente com o público e distribuir autógrafos. Neste ano, estão credenciados 462 artistas, nacionais e internacionais.

Oportunidades para quadrinistas          

Além do Artists’ Alley, a CCXP também terá sessões de análise de portifólio de quadrinistas com os principais gestores de talentos do mercado. Estarão presentes representantes da DC Comics, Marvel Digital e Chiaroscuro Studios. Mais informações aqui.

Fonte: Guia da Semana

 

 

Critics Choice Awards 2017: La La Land-Cantando Estações lidera lista de indicados do mundo cinematográfico

Critics Choice Awards 2017: La La Land-Cantando Estações lidera lista de indicados do mundo cinematográfico

lalaland_ifpya11A Broadcast Film Critics Association (BFCA) divulgou na última quinta-feira (01/12) a lista de indicados ao Critics Choice Awards 2017. O evento está na sua 22ª edição e será realizado no dia 11 de dezembro no Barker Hangar em Santa Monica, Los Angeles, com a apresentação de T.J. Miller.

Dentre os indicados, a comédia musical “La La Land-Cantando Estações”, do diretor Damien Chazelle, é o mais cotado, com 12 indicações, seguido de perto por “Moonlight” e “A Chegada”, ambos com 10. Outro concorrente é o drama “Manchester à Beira-Mar”, lembrado em oito categorias.

Confira abaixo a lista completa de indicados:

Melhor filme:

– “A Chegada”;
– “Fences” (Idem – 2016);
– “Até o Último Homem” (Hacksaw Ridge – 2016);
– “A Qualquer Custo” (Hell or High Water – 2016);
– “La La Land – Cantando Estações”;
– “Lion – Uma Jornada Para Casa” (Lion – 2016);
– “Loving” (Idem – 2016);
– “Manchester à Beira-Mar”;
– “Moonlight”;
– “Sully – O Herói do Rio Hudson” (Sully – 2016);

Melhor ator:

– Casey Affleck – “Manchester à Beira-Mar”;
– Joel Edgerton – “Loving”;
– Andrew Garfield – “Até o Último Homem”;
– Ryan Gosling – “La La Land – Cantando Estações”;
– Tom Hanks – “Sully – O Herói do Rio Hudson”;
– Denzel Washington – “Fences”;

Melhor atriz:

– Amy Adams – “A Chegada”;
– Annette Bening – “20th Century Women” (Idem – 2016);
– Isabelle Huppert – “Elle” (Idem – 2016);
– Ruth Negga – “Loving”;
– Natalie Portman – “Jackie” (Idem – 2016);
– Emma Stone – “La La Land – Cantando Estações”;

Melhor ator coadjuvante:

– Mahershala Ali – “Moonlight”;
– Jeff Bridges – “A Qualquer Custo”;
– Ben Foster – “A Qualquer Custo”
– Lucas Hedges – “Manchester à Beira-Mar”;
– Dev Patel – “Lion – Uma Jornada Para Casa”;
– Michael Shannon – “Animais Noturnos” (Nocturnal Animals – 2016);

Melhor atriz coadjuvante:

– Viola Davis – “Fences”;
– Greta Gerwig – “20th Century Women”;
– Naomie Harris – “Moonlight”;
– Nicole Kidman – “Lion – Uma Jornada Para Casa”;
– Janelle Monáe – “Estrelas Além do Tempo” (Hidden Figures – 2016);
– Michelle Williams – “Manchester à Beira-Mar”;

Melhor ator jovem:

– Lucas Hedges – “Manchester à Beira-Mar”;
– Alex R. Hibbert – “Moonlight”;
– Lewis MacDougall – “Sete Minutos Depois da Meia-Noite” (A Monster Calls – 2016);
– Madina Nalwanga – “Rainha de Katwe” (Queen Of Katwe – 2016);
– Sunny Pawar – “Lion – Uma Jornada Para Casa”;
– Hailee Steinfeld – “The Edge of Seventeen” (Idem – 2016);

Melhor elenco:

– “20th Century Women”;
– “Fences”;
– “A Qualquer Custo”;
– “Estrelas Além do Tempo”;
– “Manchester à Beira-Mar”;
– “Moonlight”;

Melhor direção:

– Damien Chazelle – “La La Land – Cantando Estações”;
– Mel Gibson – “Até o Último Homem”;
– Barry Jenkins – “Moonlight”;
Kenneth Lonergan – “Manchester à Beira-Mar”;
– David Mackenzie – “A Qualquer Custo”;
– Denis Villeneuve – “A Chegada”;
– Denzel Washington – “Fences”;

Melhor roteiro original:

– Damien Chazelle – “La La Land – Cantando Estações”;
– Barry Jenkins – “Moonlight”;
– Yorgos Lanthimos e Efthimis Filippou – “The Lobster” (Idem – 2016);
– Kenneth Lonergan – “Manchester à Beira-Mar”;
– Jeff Nichols – “Loving”;
– Taylor Sheridan – “A Qualquer Custo”;

Melhor roteiro adaptado:

– Luke Davies – “Lion – Uma Jornada Para Casa”;
– Tom Ford – “Animais Noturnos”;
– Eric Heisserer – “A Chegada”;
– Todd Komarnicki – “Sully – O Herói do Rio Hudson”;
– Allison Schroeder e Theodore Melfi – “Estrelas Além do Tempo”;
– August Wilson – “Fences”;

Melhor fotografia:

– “Jackie”;
– Moonlight”;
– “Animais Noturnos”;
– “La La Land – Cantando Estações”;
– “A Chegada”;

Melhor direção de arte:

– “A Chegada”;
– “Animais Fantásticos e Onde Habitam” (Fantastic Beasts and Where to Find Them – 2016);
– “Jackie”;
– “La La Land – Cantando Estações”;
– A Lei da Noite” (Live By Night – 2016);

Melhor edição:

– “La La Land – Cantando Estações”;
– “Até o Último Homem”;
– “Sully – O Herói do Rio Hudson”;
– “Moonlight”;
– “A Chegada”;

Melhor figurino:

– “Animais Fantásticos e Onde Habitam”;
– “Florence: Quem É Essa Mulher?” (Florence Foster Jenkins – 2016);
– “Jackie”;
– “Aliados” (Allied – 2016);
– “Amor & Amizade” (Love & Friendship – 2016);
– “La La Land – Cantando Estações”;

Melhor maquiagem e penteado:

– “Doutor Estranho” (Doctor Strange – 2016);
– “Animais Fantásticos e Onde Habitam”;
– “Até o Último Homem”;
– “Jackie”;
– “Star Trek: Sem Fronteiras” (Star Trek Beyond – 2016);

Melhores efeitos visuais:

– “Sete Minutos Depois da Meia-Noite”;
– “A Chegada”;
– “Doutor Estranho”;
– “Animais Fantásticos e Onde Habitam”;
– “Mogli – O Menino Lobo” (Mogli – 2016);

Melhor animação:

– “Procurando Dory” (Finding Dory – 2016);
– “Kubo e as Cordas Mágicas” (Kubo And The Two Strings – 2016);
– “Moana – Um Mar de Aventuras” (Moana – 2016);
– “A Tartaruga Vermelha” (The Red Turtle – 2016);
– “Trolls” (Idem – 2016);
– “Zootopia – Essa Cidade É o Bicho” (Zootopia – 2016);

Melhor filme de ação:

– “Capitão América: Guerra Civil” (Captain America: Civil War – 2016);
– “Deadpool” (Idem – 2016);
– “Doutor Estranho”;
– “Até o Último Homem”;
– “Jason Bourne” (Idem – 2016);

Melhor ator em filme de ação:

– Benedict Cumberbatch – “Doutor Estranho”;
– Matt Damon – “Jason Bourne”;
– Chris Evans – “Capitão América: Guerra Civil”.
– Andrew Garfield – “Até o Último Homem”;
– Ryan Reynolds – “Deadpool”;

Melhor atriz em filme de ação:

– Gal Gadot – “Batman Vs Superman – A Origem da Justiça” (Batman v Superman: Dawn Of Justice – 2016);
– Scarlett Johansson – “Capitão América: Guerra Civil”;
– Margot Robbie – “Esquadrão Suicida” (Suicide Squad – 2016);
– Tilda Swinton – “Doutor Estranho”;

Melhor comédia:

– “Um Espião e Meio” (Central Intelligence – 2016);
– “Deadpool”;
– “Don’t Think Twice” (Idem – 2016).
– “The Edge of Seventeen”;
– “Ave, César!” (Hail, Caesar! – 2016);
– “Dois Caras Legais” (The Nice Guys – 2016);

Melhor ator de comédia:

– Ryan Gosling – “Dois Caras Legais”;
– Hugh Grant – “Florence: Quem É Essa Mulher?”;
– Dwayne Johnson – “Um Espião e Meio”;
– Viggo Mortensen – “Capitão Fantástico” (Captain Fantastic – 2016);
– Ryan Reynolds – “Deadpool”;

Melhor atriz de comédia:

– Kate Beckinsale – “Amor & Amizade”;
– Sally Field – “Hello, My Name Is Doris” (Idem – 2016);
– Kate McKinnon – “Caça-Fantasmas”;
– Hailee Steinfeld – “The Edge of Seventeen)”;
– Meryl Streep – “Florence: Quem É Essa Mulher?”;

Melhor ficção-científica ou filme de terror:

– “Rua Cloverfield, 10” (10 Cloverfield Lane – 2016);
– “A Chegada”;
– “Doutor Estranho”;
– “O Homem Nas Trevas” (Don’t Breathe – 2016);
– “Star Trek: Sem Fronteiras”;
– “A Bruxa” (The Witch – 2016);

Melhor filme estrangeiro:

– “Elle”;
– “A Criada” (Agassi – 2016);
– “Julieta” (Idem – 2016);
– “Neruda” (Idem – 2015);
– “O Apartamento” (Forushande – 2016);
– “Toni Erdmann” (Idem – 2016);

Melhor trilha sonora:

– “Moonlight”;
– “A Chegada”;
– “La La Land – Cantando Estações”;
– “Jackie”;
– “Lion – Uma Jornada Para Casa”;

Melhor canção:

– “Audition (The Fools Who Dream)” – “La La Land – Cantando Estações”;
– “Can’t Stop the Feeling” – “Trolls”;
– “City of Stars” – “La La Land – Cantando Estações”;
– “Drive It Like You Stole It” – “Sing Street” (Idem – 2016);
– “How Far I’ll Go” – “Moana – Um Mar de Aventuras”;
– “The Rules Don’t Apply” – “Rules Don’t Apply” (Idem – 2016).

Por: Cesar Augusto Mota

Na onda de 3%, confira 8 filmes e séries para assistir na Netflix

Na onda de 3%, confira 8 filmes e séries para assistir na Netflix

A série 3% chegou à Netflix no dia 25 de novembro e desde então vem conquistando fãs a cada dia – ou melhor, a cada episódio. Na produção, o mundo está em ruínas, mas um lugar oferece todos os privilégios. Para ir lá, basta estar entre os 3% aprovados no processo.

Quem curtiu a mais nova produção original da Netflix pode comemorar: há outros títulos disponíveis na plataforma que seguem a mesma linha de roteiro ou gênero. Por isso reunimos 8 filmes e séries para assistir na Netflix na onda de “3%”. Confira:

THE EXPANSE | SÉRIE :   O sistema solar foi colonizado e dividido entre facções. Elas, porém, vivem uma era de paz, mas não por muito tempo.

53339_w840h525_1480456176the-expanse

SENSE8 :  Após um evento peculiar, oito pessoas que não se conhecem ficam interligadas mentalmente e precisam lidar com os perigos de suas novas vidas.

Um disparo. Uma morte. Um instante no tempo em que oito mentes em seis continentes são interligadas para sempre. Oito pessoas vivem suas vidas, segredos e ameaças como uma. São pessoas comuns, renascidas com um mesmo inimigo e destino.

53339_w840h525_1480456185sense8

GLITCH | SÉRIE : Um policial e uma médica encaram um emocionante mistério depois que seis pessoas da cidade inexplicavelmente voltam à vida no auge da forma física.

53339_w840h525_1480456234glitch

 

12 MONKEYS | SÉRIE: O prisioneiro John Cole é recrutado para voltar no tempo e investigar a epidemia que está prestes de se alastrar e decimar a população do planeta.

53339_w840h525_148045615212-monkeys

JOGOS VORAZES e JOGOS VORAZES – EM CHAMAS | FILME :  No primeiro filme da saga e em um futuro governado por um regime totalitário, Katniss e Peeta representam seu distrito num relity show em que adolescentes caçam uns aos outros até a morte. Já na sequência, Katniss, após triunfar nos Jogos, viaja pelos distritos no tour da vitória, enquanto uma rebelião começa a se formar ao seu redor.

53339_w840h525_1480456181jogos-vorazes

ARQ | FILME : O futuro da terra depende de uma nova tecnologia, mas o tempo é fundamental. E ele está sempre voltando.

53339_w840h525_1480456292arq

UNDER THE DOME | SÉRIE : Aprisionada sob uma redoma, uma pequena cidade não tem como fugir de seus segredos e pesadelos.

53339_w840h525_1480456296under-the-dome

THE 100 | SÉRIE : Quase 100 anos após um apocalipse nuclear devastar a Terra, 100 sobreviventes de uma estação espacial voltam para avaliar as condições do planeta.

53339_w840h525_1480456408the-100

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 2

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 2

295252-jpg-c_300_300_x-f_jpg-q_x-xxyxx

Anjos da Noite: Guerras de Sangue – Ação da diretora Anna Foerster.

Sinopse: Selene é uma guerreira vampira que luta para acabar com a guerra eterna entre o clã Lycan de lobisomens sanguinários e a facção de vampiros que a traiu. Quando um novo levante parece tomar forma, ela irá utilizar sua influência e relacionamento com ambas as partes para negociar um cessar fogo.

 

 

download (10).jpg

 

O Último Virgem: Comédia brasileira de Rilson Baco e Felipe Bretas.

Sinopse: Dudu é um tímido garoto que frequenta o último ano do Ensino Médio, não tem muita prática com garotas e ainda é virgem. Por isso, seus amigos, Escova, Borges e Gonzo, resolvem ajudá-lo, das formas mais loucas possíveis a ter sua primeira relação sexual, depois que Dudu recebe um estranho convite da bela Débora, uma de suas professoras.

Por: Vitor Arouca

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 01

Poltrona Estreia/ Estreias da Semana/ Parte 01

092580-jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxxO Filho Eterno: Filme dramático de Paulo Machline com Marcos Veras, Débora Falabella.

Sinopse: O casal Roberto  e Cláudia aguardam ansiosamente pela chegada de seu primeiro bebê. Roberto, que é escritor, vê a chegada do filho com esperança e como um ponto de partida para uma mudança completa de vida. Mas toda a áurea de alegria dos pais é transformada em incerteza e medo com a descoberta de que Fabrício, o bebê, é portador da Síndrome de Down. A insatisfação e a vergonha tomam conta do pai, que terá de enfrentar muitos desafios para encontrar o verdadeiro significado da paternidade.

 

download-9As Aventuras de Robinson Crusoé: Animação de Ben Stassen e Vincent Kesteloot.

Sinopse: Em uma pequena e exótica ilha, Tuesday, um papagaio pensa que viver naquele paraíso é muito pouco para ele e está amadurecendo seu desejo de conhecer o mundo. Depois de uma violenta tempestade, a ilha recebe um refugiado: Robinson Crusoé. O que começa com um jogo de interesses, já que o pássaro vê no rapaz um bilhete para fora da ilha e o rapaz em Tuesday, uma forma de sobreviver naquele lugar, vai se desenvolver para uma profunda relação de amizade e companheirismo  que vai ensinar aos dois o poder da parceria.

 

2360_capa.jpgMundos Opostos: Drama de Christoforos Papakaliatis.

Sinopse: Numa Grécia assolada pela terrível crise socioeconômica, mas ainda conectada aos seus Deuses, em especial Eros, a universitária Daphne é salva de um estupro pelo imigrante ilegal sírio Farris. O executivo Giorgios encara a dissolução da empresa em que trabalha ao mesmo tempo em que se envolve mais do que o esperado com uma consultora estrangeira. O historiador Sebastian tenta se comunicar com uma senhora no mercado.

Por: Vitor Arouca

 

Netflix libera função para download de filmes e séries no Brasil

Netflix libera função para download de filmes e séries no Brasil

É oficial! Agora você pode assistir às suas séries e filmes favoritos mesmo estando off-line. É que a Netflix liberou nesta quarta-feira, 29, a função para download de seus conteúdos no Brasil. A novidade está disponível somente nas versões atualizadas do aplicativo para smartphones e tablets.

Basta clicar no botão de download na aba de detalhes de um filme e série e baixá-los para assistir mais tarde. Segundo a empresa, não serão cobrados valores adicionais, já que a novidade está inclusa em todos os planos.

53347_w840h0_1480517731shutterstock-393295279

Fonte: Guia da Semana SP

Poltrona Cabine: O Vendedor de Sonhos/ Cesar Augusto Mota

Poltrona Cabine: O Vendedor de Sonhos/ Cesar Augusto Mota

650x375_vendedor_1674994Sabe quando você entra em desespero, acha que está tudo perdido e não vê mais solução para seus problemas? Pois bem, Júlio Cesar (Dan Stulbach), psicólogo renomado, está prestes a pular do 21º andar de um prédio e cometer suicídio, mas um homem misterioso, conhecido como Mestre (Cesar Troncoso), consegue resgatá-lo com sua coragem e sábias palavras e propõe a ele a chance de uma nova trajetória de vida.

Baseado no livro homônimo de Augusto Cury, “O Vendedor de Sonhos” brinda o espectador com a fantástica história de uma amizade sólida construída entre Júlio Cesar e Mestre, que juntos vagam pela cidade de São Paulo com a missão de ajudar outras pessoas por meio de ensinamentos que tragam conforto, confiança e esperança de dias melhores, tendo em vista os mais diversos dilemas que assolam nossa sociedade.

O Mestre se apresenta a Júlio Cesar como uma pessoa que vende algo que o dinheiro não pode comprar, a chance de recomeçar. É verdade que já nos lamentamos por erros ou atos praticados no passado, mas temos a chance de ter um novo começo e reescrever nossa história. Além disso, o perdão faz mais bem a quem perdoa do que ao perdoado, e merece destaque a cena em que Mestre impede a prisão do garoto Dimas por ter roubado a bolsa de uma senhora idosa, e frisa que todos erram e merecem uma segunda chance.

Num misto de emoção e mistério, “O Vendedor de Sonhos” trará uma experiência extraordinária a quem for fã de histórias que valorizam as relações humanas e transmitem valores como o amor, o perdão, o caráter e, principalmente, a superação. O diretor Jayme Monjardim faz um excelente trabalho, e o filme traz um roteiro coeso, história com bom ritmo e uma montagem precisa, com os passados dos dois protagonistas sendo revelados na medida certa.

E quanto às atuações? Dan Stulbach consegue convencer como Júlio Cesar, principalmente nas cenas que exigiram mais emoção, e seu personagem ganha contornos mais dramáticos e com carga decisiva para a trama do meio para o fim. Já César Troncoso está admirável como Mestre, sua atuação é tão magistral que fará o espectador ficar mais ansioso e curioso pelos próximos ensinamentos do misterioso morador de rua nos lugares em que for passar. Há uma agradável surpresa no desfecho da história, que fará os espectadores valorizarem o ser humano e ter uma autoestima ainda mais elevada.

Ficou curioso? “O Vendedor de Sonhos” chega ao circuito nacional em 08 de dezembro, com distribuição da Warner Bros. e Fox Filmes.